CDBFF: Acho que o amor não existe.


Large
Imagem via: We♥it
Olá, vou ser bem direto e ao ponto: Meu nome é Jorge Luis, e moro em Brasilia/Df e já estou a ponto de desistir disso que o pessoal chama de amor. Quando eu tinha 14 anos, eu tive uma paixonite por uma garota, ficamos durante um tempo sem os pais dela saber, afinal eles eram super controladores, ela tinha a mesma idade, mais insistiam em não deixar ela namorar comigo, nunca soube se era por que era comigo, ou por que estava realmente cedo demais. Um bom tempo depois, ela se mudou, e nunca mais a vi... Depois aos 17 anos (três anos depois), eu havia me mudado de cidade para o interior de São Paulo,lá eu conheci uma outra garota, no qual o nome era Cybelle, agente se casou... Quase, mais namoramos por um bom tempo, e ela acabou me largando por um cara da nossa escola, era meu ultimo ano na escola.. E hoje com 22 anos, eu não tenho ninguém, e não tenho relações sexuais a um bom tempo, o que devo fazer? Pode me ajudar? Me diga: O amor realmente existe?

 Olá Jorge,
                 Primeiramente, muitíssimo obrigado por entrar em contato com a nossa ajuda, ficamos grandiosamente felizes em saber que você tem interesse em querer nossos conselhos e opiniões. Antes de mais nada entendemos que:  O amor é algo que vem com o tempo, e mesmo que tenha se passado tanto tempo... Tudo tem o seu  momento, nada nessa vida é precipitado. Se você não gosta do que está recebendo, observe o que você está emitindo, a vida é assim... Um eco. As vezes as pessoas colocam beleza no lugar de sinceridade, dinheiro no lugar de humildade e por assim se vai, você tem que rever as suas escolhas, se elas foram as certas, e rever suas atitudes, e então pense... Será que a criança que eu fui ontem, se orgulharia da pessoa que eu sou hoje? Entenda também que o problema não é com você. Quem nunca ouviu aquela frase antiga que diz : "O problema não é você..Sou eu". Garotos e garotas do mundo todo quando estão solteiros sempre dizem a mesma coisa : "Ainda não encontrei a minha metade da laranja", ou "Ainda não encontrei a pessoa certa". O que seria a pessoa certa? Uma pessoa que tivesse os mesmos gostos que você, e que gostasse de fazer as mesmas coisas todos os dias, e que te acompanhasse no seu ritmo do dia a dia nos a-fazeres? Se uma pessoa com medidas tão perfeitas existisse as reflexões amorosas relacionadas a amor não fariam mais sentido. Afinal todas elas se baseiam em "encontrar o amor verdadeiro", ou em "Não foi dessa vez, mais não desista". Um deles diz : "Não procure a pessoa perfeita, pessoas com medidas tão perfeitas não existem...complete-se a si mesmo, e vá em busca de alguém que te transborde". Se pessoas perfeitas existissem, esse pensamento faria algum sentido para você? É claro que não! Dai vem uma outra pergunta a sua cabeça: Se pessoas perfeitas não existem, por que algumas pessoas se dão tão bem, e tem relacionamentos tão duradouros? Você nunca consegue pensar em uma resposta satsfatória para essas perguntas não é? A resposta é: Se o casal for antigo (casal de idosos), é que quando eles eram mais jovens, as coisas eram mais simples (em questão do amor, não leve para outro lado), eles apreenderam desde criança a consertar as coisas que se quebram, e não a se desfazer delas. E se o casal for novo: Como diz a reflexão, um relacionamento só vai durar quando você encontrar pessoas que iram completar a sua imperfeição. Os casais novos que tem muito tempo de namoro ou casamento, são pessoas que encontraram em outro ser, coisas que faltam a sí mesmos, para assim: Um completar a imperfeição do outro. Não procure a pessoa perfeita, procure a pessoa que vai fazer do seu mundo imperfeito, um local mais lindo de se viver. E quando você menos esperar... Vai acontecer ! Espero ter ajudado, e qualquer coisa, conta comigo !
CDBFF: Acho que o amor não existe. CDBFF: Acho que o amor não existe. Reviewed by Vitor Lessa on domingo, maio 26, 2013 Rating: 5

4 comentários

  1. Pietra Fontinnely26/5/13

    Não acredito que existe a pessoa certa, pelo menos não no sentido que para cada um tem aquela pessoa que foi feita perfeitamente para ela. Tanto que isso nem teria lógica, porque se um homem casa com uma mulher que não era a certa, aquela que era certa para ele já não tem o homem que foi feito para ela, o que por consequência casa com o outro que era certo para outra não para ela e assim vai... Confuso não é? Acho que não consigo esclarecer muito bem. Mas é assim que eu penso.
    E acredito que tudo depende da nossa maturidade em aceitar os "defeitos" do outro.
    Gostei do seu conselho...
    Beijos
    sogarotasteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desse post,refleti e concordo!
    Amore gostaria de pedir que você votasse em meu texto nesse blog http://capricornizando.blogspot.com.br/2013/05/pbv-agradecimento-votacao.html que estou concorrendo,se não for muito incômodo é claro. Desde já obrigada

    http://devaneiosdeuma-adolescente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Enfim Shakespeare26/5/13

    Não acreditava em amor até ser encontrada por ele, para mim é só viver e deixar levar que um dia ele aperece e não adianta procura-lo

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Vitor! Tudo bem?
    Acho que as pessoas só encontram o amor quando não estão esperando por ele. É algo natural. :)
    Beijos!

    ResponderExcluir

Filmes