Deseja Excluir Essa Pessoa da Sua Vida?

Hipsterboy | via Tumblr
A opção “deseja excluir” apareceu na tela, bem aqui, na minha frente. E não adiantava se eu ignorasse, olhasse para outras coisas ou fosse continuar minhas obrigações. A opção continuava ali, piscando, brilhando, incomodando meus olhos e essas nossas novas tentativas. A gente tentou, não foi? Ninguém pode nos acusar de não. A gente foi até onde deu. E depois a gente forçou mais um pouco e mais um pouco. A gente sabia que estava abrindo feridas desnecessárias. Mais uma das muitas que abrimos. E todos os outros que tentaram nos avisar sabiam também. Eu já perdi a conta das vezes que respirei fundo para não soltar essa corda. Você já deve ter derramado muitas lágrimas enquanto tentava remendar o cobertor que ainda nos aquecia. E olha só o tanto de cola que você e eu já gastamos querendo colar esses pedaços!
A gente já chegou ao nosso limite e até passamos dele. Eu já tinha aceitado esse fim antes de você voltar pela enésima vez. Você sempre volta, a gente sabe. Mas isso é culpa minha porque não tenho coragem de trancar a porta que nos separa. Acho que a gente já passou do fim da linha, meu bem, que pulamos um precipício achando que valeria à pena. Valeu para você? Todas essas cicatrizes que poderíamos ter evitado. Ah, a gente poderia ter evitado tanta coisa se soubéssemos lidar com vírgulas, pontos, pausas e fins. Eu confesso, eu não sei. Morre uma parte de mim toda vez que alguém acaba em minha vida. E eu não sei lidar com a morte –não tenho medo, é algo bem pior, é o não saber o que poderá vir depois de uma ausência.
O que veio depois que você se foi da última vez me deixou assim, dois pés atrás e muitos olhares desconfiados para cima de você e da nossa história. Me deixou assim, sorriso amarelo, assuntos sem sentido, piadas forçadas. Eu poderia me rastejar só mais um pouco desses milhares de quilômetros que rastejamos e insistir outra vez. Me humilhar mais um pouco puxando assuntos que já não rendem. Você também poderia fazer isso. Não sentiríamos vergonha depois de tantas tentativas. Mas já deu, não foi? E é por isso que nossos silêncios já não incomodam como antes. Acho que entendemos que acabou. Uma hora a gente precisa aceitar.
A opção brilhou na tela de novo. Era muito mais que só o de deletar uma conversa. Era muito além de apenas uma opção. Ali excluiria nosso histórico, nossa história, nossas tentativas, nossos fracassos, nossa culpa e nossas desculpas. Brilhou ali: “deseja excluir essa pessoa de sua vida?”. Cliquei sem dó. Deletei tudo. Tu-do-mes-mo. Até a mágoa gigante que ainda tinha por você.
Acabou.


Sobre o autor do texto:
Fernanda Campos nasceu em São João Del Rei, interior de Minas Gerais. Escreve no blog Uma Dose de café Pingado e apaixonada por livros, descobriu que, escrevendo, tinha o poder de construir universos. De coração paulistano, viciada em cafeína e louca por todos os tipos de queijos. 21 anos, gosta de ter resposta para tudo. Tem alergia à clichês e gente igual-a-todo-mundo. Psicóloga em formação, e autora do livro Uma Dose de café Pingado.

Deseja Excluir Essa Pessoa da Sua Vida? Deseja Excluir Essa Pessoa da Sua Vida? Reviewed by Vitor Lessa on domingo, junho 16, 2013 Rating: 5

2 comentários

  1. Bia Anjos17/6/13

    Nossa, que demais! Adorei o texto!
    Parabéns, arrasou *-*
    Beijo! :D
    www.maquiandocombiaanjos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já sigo você participo do grupo!Bjus

    ResponderExcluir

Filmes