Dicas e truques para fazer seu pênis ser ou parecer maior!

                           aumento-peniano
CONFIRA A LISTA DOS MELHORES BEIJOS GAYS! DA TV, SÉRIES, YOUTUBE E FILMES, CLICA!

Na Europa na idade média, os homens achavam que os pênis que tinham um tamanho além de 18 cm (avantajados) eram feios, e quanto menor o pênis do individuo, melhor. Hoje em dia a preocupação com o tamanho é a mesma, só que invés de pênis pequeno, os homens fazem de tudo, e procuram vários e vários métodos de como aumentar o pênis, recorrendo a tudo quanto é método. Uma pesquisa também revelou que cerca de 80% dos homens que querem aumentar o pênis, não precisa do aumento, por que na maioria das vezes o pênis do paciente tem um tamanho, considerado normal. Hoje, eu vou listar algumas técnicas até legais de como fazer o seu pênis ficar maior, e aumentar a sua satisfação. Todos os homens, querem ter um pênis grande, um documento avantajado, é um ótimo estimulante sexual, sem falar que aumenta a auto - estima do homem. Vamos a algumas dicas? Todas retiradas de sites externos, abaixo:



Faloplastia ou aumento peniano: procedimento cirúrgico realizado em ambiente hospitalar sob anestesia e cuidados de assepsia no qual seccionam-se os ligamentos que prendem o pênis ao osso púbico. A lipoaspiração pubiana pode ser realizada simultaneamente quando o paciente tem excesso de gordura na região.
Resultado: não interfere na ereção nem na angulação do pênis. Ganha-se de 2 cm a 4 cm, desde que sejam realizados exercícios de fisioterapia pós-operatória. No caso de pacientes obesos ou com sobrepeso, a lipo tem efeitos estéticos e emocionais positivos.

Recuperação: o paciente não deve se masturbar nem manter relações sexuais nos 30 dias após a cirurgia.

Riscos: instabilidade do pênis em ereção, limitação da capacidade de penetração e comprometimento da vida sexual. Um profissional não capacitado pode perfurar inadvertidamente estruturas importantes, levando a fístulas e necrose.
Bioplastia da glande e do corpo peniano: a injeção de ácido hialurônico ou gordura é utilizada para aumento volumétrico. Os procedimentos devem ser realizados por profissional médico capacitado e só são realizados após uma criteriosa avaliação de sua real necessidade. "Esse aumento é feito com a aplicação de ácido hialurônico sob anestesia e o processo dura cerca de 30 minutos. Pode ser realizado no corpo peniano para engrossamento. Também se utiliza gordura lipoaspirada do próprio paciente", explica o médico-cirurgião Anderson Damasceno, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética e professor da pós-graduação da Associação Internacional de Medicina Estética.
Pré-operatório: é preciso fazer a postectomia (retirada do excesso de pele prepucial) antes da bioplastia peniana.
Resultado: "Um estudo com 100 pacientes que usaram o gel de ácido hialurônico na coroa da glande mostrou que houve um aumento de 5 cm na circunferência peniana e um índice de 77% de satisfação ao fim de um ano", conta Carlos Cury, coordenador do Departamento de Estética Genital da Sociedade Brasileira de Urologia. Depois de um ano, o corpo tende a absorver o produto e é necessária a reaplicação para que os resultados sejam mantidos.

Recuperação: o homem pode retomar sua atividade sexual no mês seguinte ao procedimento.

Riscos: Embolia, hematomas, infecções, fístulas e necrose.
Botox: um estudo com dez pacientes que se submeteram à aplicação de 100 unidades de toxina botulínica na túnica dartos (camada localizada no escroto e sob a pele do pênis que faz o órgão se retrair em situações de estresse e frio) mostrou que 70% deles relataram uma melhora aparente do pênis na flacidez. Não houve nenhum efeito colateral.

Poliacrilamida/PMMA: a promessa é de um aumento médio de 4 cm na circunferência peniana com a aplicação da substância, mas também pode causar deformidades, embolia e necrose.
Fontes: Carlos Cury (coordenador do Departamento de Estética Genital da Sociedade Brasileira de Urologia), Anderson Zei Damasceno (médico cirurgião da Clínica Visia) e Carlos Alberto Komatsu (diretor da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica).

Depilação: médicos e profissionais de beleza concordam que depilar (ou aparar) os pelos pubianos tem um efeito higiênico e visual, mas não muda em nada o tamanho do pênis, é claro. "Há muitos relatos de aprovação por parte dos parceiros e parceiras dos clientes. O cuidado e a assepsia são estimulantes na relação e até afrodisíacos", diz George Varela, diretor de Marketing da Depyl Action.

Fazendo em casa: aparar os pelos em casa é mais seguro do que raspá-los. As regiões peniana e do saco escrotal são muito sensíveis. Se raspadas, as chances de encravamento de pelos e lesões são maiores do que quando os pelos são apenas desbastados. Ainda assim, todo cuidado é pouco.

Contraindicação: mesmo realizado em centros de depilação, por profissionais, existe a possibilidade de encravamento de pelos na área do saco escrotal. A região é muito sensível por causa da grande concentração de vasos sanguíneos e podem aparecer pequenos hematomas que desaparecem após algumas horas. Reações alérgicas são raras, mas a depilação não é indicada para pessoas com pele muito sensível.

Centros estéticos: existem diferentes opções de depilação. Uma delas é a cera morna, método expresso com cera feita em laboratório e que dura, em média, 30 dias (sugestão da Pelo Zero Depilação); Há, também, a tradicional cera quente, muito conhecida das mulheres, que retira os pelos pela raiz. A recomendação é que o homem faça a depilação a cada 15 ou 30 dias (sugestão da Maison Depil e do Garagem). E essas não são as únicas. As lojas Depyl Action/Depylmen anunciam ter técnicas exclusivas e produtos formulados com matérias-primas naturais para depilar a região íntima masculina. 





Dicas e truques para fazer seu pênis ser ou parecer maior! Dicas e truques para fazer seu pênis ser ou parecer maior! Reviewed by Vitor Lessa on domingo, outubro 06, 2013 Rating: 5

Filmes