Tudo o que você precisava saber sobre o sêmen masculino!


O sêmen faz jorrar discussões pessoais. Há aquelas que se incomodam terrivelmente com qualquer contato e querem, na medida do possível, manter distância. De outro lado estão as que exibem uma incrível intimidade com o assunto, como a roteirista Anabela Curi. "Quando eu era adolescente, é claro que achava nojento quando algum namoradinho espirrava em mim. Mas o tempo passa e você vê que certas coisas são inevitáveis e que, dependendo da sua abertura, podem até se transformar em assunto de interesse", diz.
Não que Anabela seja uma espermomaníaca, mas ela garante que está muito longe de se intrigar com a viscosa presença da substância, como acontece com sua colega de trabalho Fernanda Patrício. "Ainda hoje, quando acabo de transar, principalmente se não tiver usado camisinha, não sossego enquanto não for para o banho. No sexo oral, gozar na boca, nunca! Fico até arrepiada de pensar", conta. "Sou fresquérrima", assume.
Anabela, por sua vez, já gozou inclusive algumas experiências gustativas e arrisca teorias. "Não dá pra dizer que é saboroso porque aí já é forçar uma barra. Na maioria dos casos, tem gosto de água sanitária e fica penicando na língua. Mas com alguma experiência, você percebe até que o paladar muda de homem pra homem", garante.
O sabor do esperma
A ciência tenta comprovar os experimentos da roteirista, segundo o que afirma a sexóloga Margareth Labate. "Existem alguns estudos que dizem que o gosto do esperma se altera de acordo com o que se come. É, na verdade, o mesmo princípio que também modifica a composição do leite materno. De acordo com essas pesquisas, o sêmen de quem ingere comidas muito condimentadas ou fuma e bebe, é mais amargo. De toda maneira, ainda não há nada muito desenvolvido sobre esse assunto", comenta.
A sério ou não, o fato é que o escritório de patentes dos Estados Unidos tem registrada uma fórmula de complemento alimentar supostamente capaz de levar o organismo a produzir um esperma, digamos, mais saboroso. O complemento consiste em uma mistura de frutas liofilizadas, vegetais e temperos e pode ser preparado como bebida, tablete, goma de mascar ou cápsula. Os testes feitos pelos responsáveis pela patente com 27 casais indicaram, entre outras conclusões, que gengibre, canela, noz-moscada e uma combinação de banana, morango e aipo tiveram efeito neutralizante no gosto amargo da ejaculação. Segundo esse pessoal, o efeito pode ser sentido 24 horas após a ingestão do composto.
Outra variação comum está na textura. Segundo o sexólogo Hélio Felippe, isso ocorre sobretudo em função de questões de formação orgânica. "Um fator determinante para a textura é o número de canais seminais do organismo do homem. Quanto mais canais, mais espessofica o líquido. A frequência das ejaculações influi bastante, já que há um armazenamento da substância que vai ficando mais densa em proporção à sua produção", explica ele.
Assim, não é de se espantar que algumas mulheres contem com uma empírica análise clínica como aliada para denunciar certos comportamentos masculinos. "Outro dia mesmo ouvi uma paciente suspeitando de que o marido tinha uma amante, pela quantidade da ejaculação dele. Segundo ela, ele vinha apresentando um volume de esperma menor do que o habitual e ela supunha que isso se devia a relações sexuais que ele poderia estar mantendo fora do casamento. Na verdade, isso é até possível. Mas existem outros muitos fatores que podem estar acarretando isso como medicação, estresse, alimentação e mesmo masturbação", alivia o Dr. Hélio.
Onde é produzido
Cerca de 70% do esperma é produzido numa glândula chamada vesícula seminal, que fica entre a bexiga e o pênis. Os 30% restantes são de responsabilidade da próstata, outra glândula vizinha. A primeira despeja um líquido mais fluido e a segunda entra com o tom esbranquiçado. Apenas 1% da composição do líquido são espermatozóides- cerca de 100 milhões deles por mililitro de sêmen. O que sobra são líquidos excipientes, ricos principalmente em zinco.
Sexo seguro
Como objeto de utilidade prática, o esperma só serve mesmo como inseminador. Nisso ele é realmente imbatível e, portanto, é bom ter cuidado com algumas brincadeiras se o objetivo final não for um bebê. "É por isso que a prática do coito interrompido é perigosa. Qualquer gotícula de sêmen que entrar em contato com a vagina pode, mesmo que com poucas chances, resultar numa fecundação", alerta a sexóloga Margarth Labate.
Entretanto, expostos ao ar, na superfície da pele, emgolidos ou depositados em qualquer lugar que não seja uma vagina, o tempo de vida deles é muito curto, poucos segundos. "Isso, no entanto, não impede que, mesmo com espermatozóides mortos, o esperma não tenha a possibilidade de contaminar o organismo com algumas DSTs, devido às substâncias existentes no fluido seminal", completa o Dr. Hélio Felippe.
Por que quando o esperma entra em contato com a água, ele fica mais grudento ?
Por que ele não quer ser lavado. Uma das auto-defesas do sêmem é se tornar cada vez mais grudento em reação a líquidos ou calor, isso pq é assim que é o interior de uma vagina - molhado e quente. Esse mecanismo se deve ao fato da nossa espécie ser promíscua (calma gente).
Machos de espécies em que os casais são eternamente fiéis não têm que lidar com competição na hora de reproduzir. Todavia, nós (assim como os chimpanzés, que são mais ainda) não seguimos este padrão e muitos temos mais do que um parceiro sexual durante a vida inteira. Isso gera uma competitividade na hora de perpetuar seus genes e aí entra a evolução (esta linda), fazendo com que o saco escrotal seja maior que a média (para produzir mais sêmem) e que o esperma seja o mais grudento, para ficar colado dentro da fêmea e não perder área para um possível concorrente que venha logo a seguir.  Em algumas espécies o esperma é tão viscoso que chega a criar um tipo de tampão que quase bloqueia a entrada de outro.
É por isso que os especialistas sugerem que não se abra o olho quando o esperma cai ali acidentalmente. Segundo oftalmologistas, o ideal é retirar o máximo que puder antes de enxaguar e apesar de o olho ficar irritado, não se deve coçar. Coceira provoca lacrimejo e o sêmem fica ainda mais grudendo, lembra? Depois de tirar todo o excesso, indica-se o uso de um colírio de limpeza.
Por que os espermas tem cheiro, e gosto diferente?
Pelo mesmo motivo que cada pessoa tem cheiro e sabor diferentes. Somente 1% da ejaculação de um homem é composta por espermatozóides. Os outros 99% são proteínas, vitaminas, sais minerais, frutose e outros ingredientes. Os níveis desses ingredientes no corpo dependem, entre outros fatores, da alimentação do cara. 
Existem vários estudos em andamento, que pretendem desvendar a melhor dieta para um sabor seminal mais agradável, mas nenhum deles está em fase conclusiva. No entanto, de acordo com o CasalSem Vergonha, a sabedoria popular de quem já experimentou pode dizer que sim, o gosto muda.
- Homens que não comem carne teoricamente teriam um gosto mais suave e neutro do que os carnívoros;
- Cafeína, cigarro, comidas gordurosas e álcool são conhecidos por acrescentar um sabor mais forte ao esperma;
- Frutas são conhecidas como as salvadoras da pátria nesse quesito. Acredita-se que acrescentar uma fruta em cada alimentação (café da manhã, lanches, almoço e jantar) ajuda a neutralizar o gosto.
É importante lembrar que nenhuma dieta vai deixar o esperma com gosto de Nuttela, bacon ou morango. Esperma sempre terá gosto de esperma, seja ele qual for. A alimentação pode ter o poder de melhorar o gosto, não de fazer com que o homem ejacule leite condensado. 
Uma coisa interessante sobre o sêmen é que a sua textura e volume podem variar de acordo com a frequência ejaculatória do moço. Aquele que transa ou se masturba menos, tende a ejacular mais, com uma concentração maior de proteínas e consistência mais densa. Homens que ejaculam com mais frequência, tendem a possuir a secreção mais rala com sabor mais aguado e neutro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.