A noticia que fez até o papa chorar.


Para começo de conversa, vamos esclarecer algumas coisinhas, começando pelas mais significantes, que darão uma certa ênfase ao texto, sendo elas: O acontecimento retratado aconteceu na Síria, e por lá praticamente todos os habitantes são da etnia Árabe, e o islamismo é a religião predominante, apenas uma percentagem de 10% pertencem a outras religiões.

Atualmente (não tanto assim) aconteceu uma guerra civil na Síria, a onde quem estava por cima (no poder) eram os "anti cristãos" mesmo que seja um pais predominante do islamismo.

Esses anti cristão, resolveram punir as pessoas que acreditavam de certa forma no evangelho crucificando todos eles. Mas o poder (lei) não poderia punir esses infames com uma prisão, por que assim como no Brasil, na Síria "todos tem liberdade de fazer o que quiserem, sem represálias", logicamente eles poderiam até pegar uma prisão, mas sempre atacam em números grandes causando rebeliões, e lutas o que sempre gera realmente uma guerra.

O papa Francisco confessou ter chorado ao saber da notícia de que alguns cristãos tinham sido crucificados na Síria nos últimos dias, disse nesta sexta-feira durante a homilia da missa que realiza a cada manhã em sua residência no Vaticano. “Eu chorei quando vi nos meios de comuni
cação a notícia de que cristãos tinham sido crucificados em certo país não cristão”, explicou o papa em referência ao acontecimento durante a guerra civil síria.


Citando passagens da Bíblia e a perseguição dos primeiros cristãos, o papa acrescentou que “hoje também há gente assim, que, em nome de Deus, mata e persegue”. Em relação à perseguição, Francisco lembrou que “existem países em que você pode ser preso apenas por levar o Evangelho”. 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES, SE VOCÊ CONCORDAR EM VÊ-LAS, CLIQUE AQUI.

Nota pessoal: Sou Cristão, e acho que morrer é um fim que todos nós teremos, e isso não é mistério algum. O fato é que: Morrer em nome de nosso salvador é uma graça divina, porém não estou dizendo que estas pessoas ai acima ou que são mortas todos os dias por acreditar em Deus seja uma coisa boa, apenas estou dizendo que devemos assumir a nossa fé por onde quer que a gente vá, sempre com o coração puro para a vontade de Deus. Mas, o que me intriga nisso tudo é que ninguém sabe dizer quem está por trás de todo esse massacre que envolve os cristãos? Não é de agora que essa noticia vem a tona, e não é de agora que isso veio a acontecer! Na Síria, no ano de 2010, muitas pessoas foram reunidas no centro de uma cidade da Síria (nem lembro o nome mais) e colocadas de joelho, atras destas pessoas encontravam-se militares que ao comando de um outro homem também com o uso de um capuz matavam a todos os que estavam ali.
Uma outra tragédia que também ocorreu na Síria foi o massacre de Cristãos em sua própria casa, muitos foram decapitados e deixados de lado sem a cabeça,(vídeo aqui - Cenas Fortes) alguns foram mortos com cruzes e crucifixos enfiados gargantas abaixo. Quem está por trás disso ? E o que tem na cabeça dessa gente apoiar um ato tão...Tão horrível e infame contra a vida do próximo ? Quem apoia isso ? De onde vem essa força que não pune estas pessoas, o que acontece na Síria em relação aos Cristãos, é o mesmo que acontece nos dias atuais na Russia que permite que todo homossexual vivente seja perseguido, torturado e até morto, quem nunca viu vídeos de aniquilação ou punição a homossexuais na Russia né?
Não temos nada o que comentar, infelizmente não podemos fazer nada a não ser orar e pedir para Deus tocar no coração destas pessoas e ajuda-las a encontrar o verdadeiro caminho da paz.
Em relação aos massacres um dos antigos participantes cedeu a seguinte nota: “Eu nunca tinha visto algo assim”, se horroriza Walid, um cristão árabe que foi membro do grupo extremista OLP até 1994, quando se converteu. “Eu tenho investigado a fundo esta história nas últimas semanas. Provavelmente, é o assunto mais horrível que eu já reportei. Tudo pode ser provado com essas imagens de massacre de humanos como se fossem animais, na maioria cristãos da Síria”.
Fontes: Gospel+ | Wikipedia | Gospel Prime.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.