E se o poker fosse o esporte preferido dos brasileiros?

E se o poker fosse o esporte preferido dos brasileiros?

Imagine que ao invés do futebol da bola redonda o que pegasse aqui no Brasil fosse o poker? Claro, é algo que fica somente na imaginação, haja vista que o poker somente se internacionalizou na metade da década de 1990 - ao contrário do futebol, que viajou o mundo junto do Império Britânico (seja belicamente ou através da influência econômica do mesmo, caso do Brasil ao início do Século XX). 
De toda forma, é um cenário bacana de imaginar. Será que temos a possibilidade de termos uma Copa do Mundo aos moldes daquela da FIFA? É difícil imaginar as pessoas torcendo numa partida de poker. Mas fica mais fácil se for um Brasil e Argentina, não? Afinal de contas, até em disputa de cara ou coroa os brasileiros gostam de vencer os argentinos. Pensando nisso, o site Poker Stars fez um comercial bem bacana. Nele, um argentino - o melhor jogador dentre os hermanos, Jose "Nacho" Barbero, dá all in contra um brasileiro em nosso próprio país.
O que rola depois disso é interessante: o site de poker quis mostrar que o esporte pode ser emocionante e que antes de uma decisão várias coisas, raciocínios e todo o mais passam dentro da cabeça de um jogador. O mais bacana é que o comercial foi exibido em todo o mundo - o que dá para ter uma ideia do poder que a rivalidade entre Brasil e Argentina tem ao redor do globo. Com uma fotografia excelente - e até mesmo psicodélica para mostrar que em momentos de tensão nossa mente vaga em diversas coisas - o comercial de 30 segundos dá um pouco da ideia de como seria se as pessoas tratassem o poker no Brasil e na argentina como principal e mais emocionante esporte. O resultado é este que você confere abaixo, no vídeo abaixo. 





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.