Sobre amores perdidos, desiludidos e do acaso.


É mais do que comprovado, e nem é preciso de uma pesquisa para comprovar que todos nós sofremos com o amor. Para muitos é apenas uma palavra sem sentido, na maioria das vezes chegamos a acreditar que talvez essa seja a explicação mais lógica para esta palavra tão pequena, mas que significa muito para algumas pessoas, e tem um poder destrutivo incrível.

Sempre tem aquela fase em que começamos a perceber que a vida é uma droga, sabe que fase é? Todos nós já passamos por ela, aquela de que quando começamos a sair do berço, e deixar a chupeta de lado, essa mesmo. Os problemas começam a vir desde cedo, quando criança o problema pode ser facilmente resolvido, até mesmo por que temos nossos pais sempre perto para dar uma palmada, nos dar uma dose de vergonha na cara, e nos aconselhar e nos fazer sentir menos idiota do que o mundo consegue.

Não é tão fácil resolver o problema de uma ferida ou ilusão amorosa causada diretamente no coração. Seria muito fácil se o ser humano fosse capaz de caminhar depois de uma decepção, ou depois de um momento ruim em sua vida e continuar a viver, como se nada tivesse acontecido.

Ainda no colegial encontramos nossa alma gêmea, e ela pode ser qualquer pessoa. QUALQUER PESSOA MESMO. Pode ser que você se apaixone pelo garoto que todos odeiam, mas que você não consegue odiar, que você se apaixone pelo garoto que tem uma imagem muito ruim por ser rebelde ou se apaixonar pelo seu professor, pelo porteiro, até pelas tias do refeitório.

O fato é que todos nós passamos por fases ruins em relacionamentos, e hoje eu quero citar alguma das que você pode vir vivenciar. Espero imensamente que vocês consigam enxergar vocês nessas dicas, nesses momentos, por que por mais que eles sejam ruins aos olhos de vocês, ou até mesmo a imaginação, todos eles irão render um bom conhecimento da vida, e fazer com que fiquem mais espertos e não fique escancarando as portas do seu coração para qualquer bêbado de esquina de boteco. Prontos?

Gostar de uma pessoa mais velha


Isso pode ser o meio termo da vida, afinal tem um lado bom, e um lado ruim. Quando se começa a gostar de uma pessoa que é uns dez anos mais velha que você, pode acontecer algumas coisas que não são tão boas e outras que irão surpreender você. Alguma delas são:


  • Pessoais mais velhas são mais bem vividas, e por isso compreendem melhor os seus problemas quando você resolve compartilha-los.
  • Sabem melhor como te dar uma direção, ou palavra de conforto, por que a mente já evoluiu e os problemas da vida (a maioria) já se foram.
  • São melhores no desempenho sexual, podem ensinar coisas para você, que você nem se quer sabia que eram possíveis de se fazer entre quatro paredes.
  • Estão mais dispostos a te ajudar.
  • Tem a cabeça mais aberta ao mundo, e conseguem ser ótimos conselheiros.
E tem o lado ruim da coisa, que são:

  • Se você for o primeiro relacionamento juvenil dele, ele poderá te chamar de "nenem" ou de "bebê" na maioria do tempo. Isso pode ser algo horrível para algumas pessoas.
  • Podem te subestimar em alguns pontos. Mesmo que você seja novo/a, ele/a tem que entender que você não é um recém nascido e que é capaz de resolver algumas coisas sozinho/a sem ser tratado como criança.
  • Nem sempre tem o pique que você tem, então se você é muito baladeiro, saiba que depois dos 30 a unica coisa que as pessoas procuram e querem: É DESCANSO.
  • Te chamarão de infantil por qualquer coisa (qualquer coisa mesmo).
  • Nem todos são maduros, alguns só envelheceram.

Os casos mais ruins de relacionamento de jovens com pessoas mais velhas, podem ser: Uma traição com uma pessoa mais velha (por que acham que só por que você é mais novo, não é tão maduro assim); uma queda de amor pelo ex (ainda mais se o relacionamento antigo tiver mais de cinco anos); necessitar de um tempo maior para pensar (não fala que quer, mas também não te dispensa). Fora que vocês podem não se entender muito bem na cama, né? 
Sempre tem isso.

Gostar de pessoas depressivas


Mas, como é uma pessoa que vive na deprê? Nem sempre é fácil de você identificar uma pessoa que está na deprê, por isso elas são as mais perigosas e mais fáceis de você encontrar e tomar no meio da bunda com elas. Eu mesmo sou uma pessoa completamente deprê, mas sou um deprê social, ou seja: Vivo deprimido, mas não sou do tipo que fica trancado em casa se martirizando e se perguntando por que minha vida é uma bosta.

Pessoas deprês costumam ser chatas na maioria das vezes. Mas o amor é cego né? Algumas pessoas conseguem ser insuportáveis e desencalham até mesmo antes de você que é considerado por alguns até uma pessoa legalzinha. 

As pessoas que vivem na deprê costumam ter um papo maravilhoso e fazer de tudo para te conquistar, dai quando o seu humilde coraçãozinho estiver completamente derretido de paixão, ele começa com os problemas da vida dele, que você já sabia que existia, mas até então não importavam em nada.

Essas pessoas vão começar a ficar sumidas, vão começar a não atender o seu telefonema, e nem te responder nas suas mídias sociais, simplesmente por que elas precisam e querem atenção. Se você cair na delas, você será escravo emocional delas, não se deixe levar, é tudo cu doce.

O que mente/trai.


Ter alguém que mente para gente jaz com que comecemos a pensar que a vida é uma merda mesmo, né? Imagina então se relacionar com alguém que além de mentir, trai a sua confiança? O relacionamento é na base da confiança e do companheirismo, não é mesmo ? É, mas nem todos entendem como isso funciona direito nos dias de hoje. Deveria ter um feriado de férias do parceiro né? (ou não).

O fato é que não há nada que vá destruir mais sua vida e esperanças do que acreditar que um alguém é tudo o que você sempre quis, e que aquela pessoa é exatamente tudo o que você sempre quis, sonhou (até mesmo por que ela se mostrava diferente). No geral a galera que mente dá alguns sinais bem legais de que estão aprontando, e todos muito simples, sendo eles:

  • Ciumes excessivo do celular. Quem não deve, não teme, certo?
  • Nunca poder sair com você quando você quer, sempre em datas marcadas (por quê? tem medo de que um certo alguém vá te ver na rua?)
  • Querer privacidade de coisas que não precisam de privacidade, uma delas é: Por que não posso ver seu whatsapp ou sua galeria de imagens? Já é algo a se pensar.
  • Costuma sair com os amigos, e só avisa que vai depois que já voltou. Isso quando avisa, né?
  • Gaguejam, circulam, enrolam para falar de algum assunto para você, ou desenvolver um.
  • Ficam gelados, ou começam a ficar sem fala quando você toca em determinados nomes.
  • Por algum motivo muito estranho e fora do comum, ele/a não gosta do seu/sua melhor amigo/a.
  • Quer saber de tudo o que você faz, onde vai, com quem e que horas volta. (Não diz os dele, mas quer saber dos seus)

A amiga falsa


Sim, o mais doentio e doloroso de todos. A amiga que te apunhala pelas costas. Sempre existe uma amizade que fica de olho gordo em cima do seu relacionamento, e fica com o cu coçando de vontade de pegar aquela pessoa que você está pegando. Se você sai com um cara babaca que te trai feito um lixo, não dá a minima para como você está, não vai atras de você e não demonstra nenhum tipo de preocupação... Prepare-se, você vai ser corna!

Os amigos que querem seu namorado, ou namorada no geral não gostam quando você toca no nome da pessoa. Por quê? Por que elas temem que você vá comentar algo que eles não gostem, ou que vá deixa-los sem fala. Por que na cabeça dessas pessoas elas são as únicas e você é o outro da relação. Tenso, não é?

E o pior é quando você está com o cara e ele começa a ficar nervoso por que sua amiga tá do lado. Você lá se fazendo de idiota e os dois trocando olhares.

Agora que eu disse algumas situações que podem sim ser vivenciadas por vocês, eu quero deixar claro que: O texto não foi baseado na minha vida, e nem em nada do que eu passei recentemente.

O fato é que você vai precisar sempre de ânimo, boa postura e amor próprio. As pessoas, o mundo e a vida vão pisar muito em cima de você, antes de você chegar em algum lugar. Por que o mundo é assim, e você vai precisar lutar contra as coisas da vida para chegar em algum lugar. Esteja onde você estiver, você precisará de muita força, garra, ânimo e fé. A unica coisa em que você pode agarrar verdadeiramente neste mundo, é em você mesmo. Não confie nunca cem por cento nas pessoas. Elas são malignas, querem o que é seu, e nunca estão satisfeitas com suas próprias conquistas, a grama do vizinho é sempre mais verde para elas.

Fique atento, e nunca se entregue cem por cento. O mundo é um lugar cheio de gente idiota, não seja mais um.
Sobre amores perdidos, desiludidos e do acaso. Sobre amores perdidos, desiludidos e do acaso. Reviewed by Vitor Lessa on quarta-feira, fevereiro 18, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Filmes