Batendo um papo: Relacionamentos, solidão, desentendimentos.



O primeiro caso de relacionamento que deu errado, e que muita gente tem o prazer de ler e sentir grande admiração é o do escritor, poeta e dramaturgo William Shakespeare, em "Romeu e Julieta". Quem não conhece a história a onde dois jovens se apaixonam, e não podem viver um relacionamento por que suas famílias são rivais, e acabam com um final trágico ? Na vida não é muito diferente.

A primeira vez que que a palavra solidão foi usada, dita, aplicada na história foi na peça Romeu e Julieta de William Shakespeare. Apesar do sentimento sempre ter existido, nem todos sabiam o significado daquele sentimento de vazio, e hoje em dia ele possui uma definição rápida, direta e concreta:



Solidão é um sentimento no qual uma pessoa sente uma profunda sensação de vazio e isolamento. A solidão é mais do que o sentimento de querer uma companhia ou querer realizar alguma atividade com outra pessoa não por que simplesmente se isola mas por que os seus sentimentos precisam de algo novo que as transforme. - Wikipédia

Mas, como é a solidão nos dias de hoje? Como ela nos afeta, e como pode afetar uma geração de adolescentes e crianças que podem estar com esse sentimento de vazio cada vez mais frequente? O que traz a solidão a vida das pessoas?

Ainda que em um relacionamento, a solidão é algo comum, na vida de qualquer pessoa, e pode ser causada por inúmeros motivos, os mais comuns são: Brigas, desentendimentos, auto-isolamento, estresse, trabalho excessivo.



Relacionamento e solidão. Como enfrentar?


Não é incomum um casal procurar ajuda por que a companhia um do outro não traz vida ao casal, ou a casa em si. O ser humano nasce com problemas na vida, e passa toda ela enfrentando-os, e alguns deles estão associados a problemas e casos de família.

Não sentir prazer, ou vontade de conversar com o parceiro da relação, pode sr um problema, e é considerado gravíssimo. Procure sempre estar disposta a conversar sobre qualquer coisa: Até mesmo sobre o fim da relação que está desandando. Não ter contato ou vontade de se relacionar com quem iniciou um namoro, ou um casamento é sinal de que talvez haja uma certa falta de interesse dos dois de puxar um assunto, de se relacionar ou de simplesmente ter tempo para dar atenção ao companheiro.

Procure encaixar sua vida, e deixa-la nos trilhos. Você precisa saber que a solidão é fruto de uma vida mal organizada. Tudo é questão de organização. A partir do momento em que você se organiza e tem uma vida em comunidade, ou fraternidade com uma ou mais pessoas: A solidão deixa de existir. Porém, existem fatores que a fazem voltar, mesmo quando você está rodeado de pessoas que te querem bem, seja lá qual for o lugar: A solidão pode ser o acomodo do estado de espírito que ficou enfraquecido com as vivências da vida.

É possível reverter? Sim, tudo tem reversão, quando há conversão. Procure separar um tempo para relaxar, pensar na sua vida, na sua carreira, relacionamento, e durma um pouco. Tire uma hora para conversar, e ter uma DR saudável com seu parceiro sobre como anda a relação. A partir do momento em que nem a conversa, e nem a confraternização resolve, é hora de acabar, dar um fim: Lâmpada queimada, não se tenta acender, se troca por outra.



A maior causa do fracasso é a tristeza



Sentir-se mal por não se sentir atraente aos olhos alheios é uma situação que todas as pessoas provavelmente já devem ter passado. Estar em um relacionamento, e conhecer aquela "amiguinha" ou aquele "amigo" de infância do parceiro é algo ruim, é uma situação desagradável, e fica mais desagradável ainda quando você nota que ele/a possui muito mais atributos físicos que você.
A auto flagelação começa a partir do momento em que você começa a achar que você não é o suficiente para as outras pessoas, por não ter nem A e nem B que outra pessoa possui, e isso gera falta amor próprio.

A tristeza é um mal que assola a vida de todas as pessoas, até mesmo das mais bem resolvidas. A tristeza pode ser causada por diversos fatores que podem de várias formas implicar e refletir na sua vida pessoal, e profissional.

Sentir-se triste indica que algo precisa ser mudado, melhorado, re-pensado ou revisado em nossa vida, é uma fase de mudanças. Procure entender melhor a sí mesmo, e como seu corpo funciona e reage a determinadas situações. 

Em um relacionamento estar sempre trise é sinal de que algo não saiu como você esperava, isso é um fatores que a tristeza pode trazer, ou até mesmo ser causada.

O fracasso social começa a partir do momento em que sua vida entre quatro paredes toma um caminho diferente do que o previsto. Se sua relação com seu parceiro desanda, todo o resto desanda em conjunto. É preciso conversar e procurar entendimento nas relações para que as outras não saiam do controle.





Falta de vontade, baixo estima.



Não há como alguém te ajudar, se você não colaborar. Existem saídas para tristeza, e nós iremos dar algumas sugestões para que ela suma de vez da sua vida.

Há quem diga que quem nasce com baixo estima, sempre persevera. A baixo estima pode vir a tona sempre que você não se sentir satisfeito consigo mesmo, ou sentir que não é capaz de atingir um certo objetivo na vida.

A vida se encarregará de trazer a baixo estima até você, no seu trabalho, na sua casa, amizade e até mesmo no seu casamento. Você e qualquer outra pessoa podem se sentir mal quando forem comparadas com pessoas mais bonitas, ou pessoas mais inteligentes. Claro, que tudo isso é causado por uma paranoia na cabeça das pessoas.

Não se deixe abalar, ou se levar por pouca coisa. Pensamentos ruins e para o mau, todos nós iremos ter, mas é preciso releva-los. Tenha sempre em sua mente seis pensamentos: 


  • Se não deu certo desta vez, irei melhorar e continuar tentando.
  • Eu sou suficientemente boa no que faço.
  • Eu não preciso que alguém diga que eu não sou boa, em algo que sei que sou excelente.
  • Eu não preciso que alguém aponte o dedo para os meus defeitos, pois sei que todos nós temos um, ou outro.
  • Não irei ligar para quando fizerem uma crítica, de uma forma ou de outra, ela me fará crescer;
  • Não irei ficar mal, e nem triste por acontecimento algum. A vida é cheia dos acasos.

Batendo um papo: Relacionamentos, solidão, desentendimentos.  Batendo um papo: Relacionamentos, solidão, desentendimentos. Reviewed by Vitor Lessa on terça-feira, março 17, 2015 Rating: 5

Um comentário

Filmes