Facebook para desenvolvedores: A conferência anual, começa esta semana.


A chamada para desenvolvedores acontecerá em São Francisco - Califórnia, com o novo lema "Mover-se rapidamente, com infra estrutura instável", ou seja: Mais velocidade na rede social, livre de bugs e garantir uma estabilidade. E para que isso aconteça, Mark Zuckerberg (SEO e Co-Fundador) do Facebook convida você a se juntar a equipe de desenvolvedores do Facebook.

Nos últimos meses deste ano de 2015, o Facebook tem vendido anúncios em todas as partes do mundo á uma velocidade alucinante, só no ano passado a rede social vendeu cerca de 12,6 bilhões de dólares, o que é uma diferença de um crescimento de mais de um terço levando em conta os ganhos do ano anterior.

Mas é claro que o Co-Fundador sabe que para que a experiência do usuário esteja cada vez maior e melhor, vai precisar de ajuda em todos os setores, de diversas pessoas com variantes experiências. Atualmente a rede social se mantem apenas com vendas de publicidades, para manter a plataforma completamente gratuita. Mark Zuckerberg conta que para poder manter os usuários por mais tempo na rede social e gerar cliques e compra de anúncios é preciso aumentar o entretenimento e as ferramentas disponíveis. "Não importa se eles estão jogando, fazendo upload de uma foto, ou vendo um vídeo, tudo isso os prende por mais tempo, o que aumenta as possibilidades de verem e clicarem em um anúncio .- Completa".

A ideia é que os desenvolvedores trabalham em ideias para tornar a rede social "viciante e pegajosa" para aumentar o envolvimento do usuário na rede social.

É importante não subestimar uma boa equipe de desenvolvedores, afinal eles irão manter a rede social no posicionamento global que ela ocupa nos dias de hoje. Um bom exemplo de rivais a altura que podem - e vão - ultrapassar o Facebook é a Google - site de pesquisas - e o SnapChat - Sistema de mensagens instantâneas por celular - que já consta com mais de cem milhões de cadastros todos os meses, seguindo também no ranking o WeChat que conecta 438 milhões de usuários só na Ásia.

 A rede social quer trabalhar na plataforma tanto nos jogos, quanto no sistema de mensagens que tem crescido e muito no mercado, em 2013 o Facebook tentou comprar o Snap Chat por uma bagatela de R$3.000.000.000 (três bilhões de reais), mas não obteve êxito.

"O serviço de mensagens instantâneas é uma das poucas coisas que as pessoas fazem mais do que a rede social", Zuckerberg explicou em novembro. É uma questão de números: Em alguns países, mais pessoas usam um aplicativo de bate-papo ou mensagens de texto do que usar o Facebook, disse ele.
A empresa é esperado esta semana para anunciar uma nova funcionalidade para Messenger que irá tornar mais fácil para os desenvolvedores para compartilhar conteúdo entre seus aplicativos e serviço de rede social.
Um porta-voz do Facebook não quis comentar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.