Charlotte Rampling: "Boicotar o Oscar é racismo contra os brancos"



A veterana das telonas Charlotte Rampling, adicionou mais brasa na fogueira envolvendo a Academia das Artes e Ciências Cinematográficas envolvendo a cerimônia de entrega do maior evento cinematográfico do mundo - o Oscar -, se pronunciou a respeito de toda a polêmica gerada em torno dos acontecimentos, e sobre o pronunciamento de alguns atores negros boicotarem a premiação, alegando ser racismo contra os brancos.

“Isso é racismo contra os brancos. É difícil saber se é o caso, mas pode ser que os atores negros não merecessem estar na reta final”, afirmou a atriz em entrevista ao canal francês Europe 1.

A bancada organizadora do evento anunciou um programa de criação de cotas para seleção de atores negros para a premiação que acontece dia 28 de fevereiro deste ano, a atriz não se mostrou a favor, mesmo tendo fortes nomes da industria negra que ficaram de fora, e que vão publicamente boicotar o evento não comparecendo, entre elas, podemos destacar: Will Smith, Spik Lee, e Jada Pinkett.

Na última semana, atores como George Clooney, Mark Ruffalo e Lupita Nyong’o se mostraram críticos em relação à Academia, enquanto o hashtag #OscarsSoWhite se multiplicava nas redes. A voz de Rampling é a primeira que rompe o consenso. A atriz de 69 anos, que ganhou o prêmio melhor atriz no último festival de Berlim, disse que estar “na lista dos indicados [ao Oscar]” já é uma recompensa, pois significa “a entrada no grande clube do cinema que é a Academia”.
E você, o que acha desta polêmica? 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.