[RESENHA] Morri para viver - Andressa Urach

Titulo: Morri para viver
Ano: 2015
Páginas: 238
ISBN: 8542205340
Editora: Planeta

Sinopse: As confissões surpreendentes de uma das personalidades da mídia que se tornou conhecida no Brasil por suas polêmicas.

A insana obsessão por dinheiro e sucesso, a rotina no bordel onde construiu seu nome de guerra e os bastidores da vida de Andressa Urach. Está tudo descrito em Morri para viver, livro que narra a trajetória desta, que chegou a ser considerada uma das prostitutas mais caras e cobiçadas do Brasil.
Dos casos secretos com clientes milionários e famosos, empresários, cantores, jogadores de futebol, artistas, bandidos, religiosos; passando por seu vício em cirurgias plásticas (Andressa chegou a cogitar amputar os dedos, só por que não gostava do tamanho dos pés!), o livro narra a chocante e constrangedora vida que ela levou até a inacreditável experiência de quase morte no coma e a sua busca por redenção.



Minhas impressões

Acervo Pessoal


Honestamente, eu nunca achei que iria resenhar um livro com conteúdos religiosos ou biografias, auto-ajuda ou com conteúdos semelhantes. 

Morri Para Viver é o relato de vida de uma ex bailarina e modelo chamada Andressa Urach, que ganhou fama enquanto dançava para o cantor Latino em 2010. O livro narra sempre em primeira pessoa a fase de transição da vida secular para vida eclesiástica da modelo.

A impressão que fica durante o livro é que todos os relatos, documentos e fotos transparecem de forma pura e simples a verdade de um arrependimento por escolhas erradas feitas durante um trajeto de vida. Segundo a modelo, um de seus maiores arrependimentos foi não ter visto o quão grande era o amor de Deus por si. Ainda continuando nos desabafos, ela diz que só entrou para o mundo das acompanhantes de luxo, porque não viu outro recurso para conseguir sustentar seus filhos.

A mesma teve sua vida transformada após a mãe, que sempre foi cristã da igreja universal do reino de deus (IURD), iniciar uma campanha pela sua vida e transformação.

Acervo pessoal

Ainda em Janeiro de 2015, a modelo iniciou tratamentos em uma unidade hospitalar, onde um de seus tratamentos teve consequências sérias, após um erro médico ao aplicar hidrogel em seu corpo. Após descobrir que o componente injetado em seu corpo era de risco, Andressa recorreu ao hospital, mas era tarde demais, pois os efeitos já haviam começado a aparecer.

A impressão é que o livro é nada mais do que o que ele foi feito para ser: Um relato, um testemunho, uma transição de vida.


Resenha

"Meu submundo de fama, drogas e prostituição", este é o subtítulo do livro da modelo (ex-modelo) Andressa Urach.

Um mundo que aparentemente ninguém conhecia veio a tona, contado, é claro, pela própria Andressa Urach. O enredo do livro mais parecia uma ficção de cinema de tão sombrio e obscuro do que aparentava. Jamais alguém que via tal mulher na televisão - Aparentemente bem sucedida, jovem, bonita e modelo -, imaginaria que esta levaria tal vida.

Durante seu relato, Andressa conta como passou a infância sendo abusada por um pedófilo de cinquenta e oito anos de idade e como isso contribuiu para que ela crescesse com traumas. Desde cedo, ficou viciada em plásticas e não parou, até que chegou o dia em que um erro quase custou sua vida, levando-a à uma internação na UTI e consequentemente a um coma.

Andressa também conta que viveu dias de glória se prostituindo, porque nunca imaginou que poderia ganhar tão bem fazendo sexo e que o glamour das casas de dança noturnas enchia os seus olhos - e os olhares então? Sem contar que o cachê era maravilhoso para seus deleites terrestres: trinta mil reais, por uma hora de prazer.

Continuando os relatos, ela diz, e é possível sentir sua emoção enquanto escrevia, que ela viu luzes fortíssimas durante o período em que estava desacordada, quase que como um "arrebatamento" fora do corpo. A luz era tão forte que ela não conseguia sequer olhar para cima, porque sentia seus pecados pesarem sob a sua alma naquele momento, e tudo o que ela se lembra era de ter pedido perdão e chorado MUITO.

Acervo Pessoal


Enquanto desacordada na sala de um hospital, Andressa se tornou noticia em diversos websites internacionais, tais como: CNN, he New York Times, The Huffinton Post, Daily Mail, The Sun, Combo, The Telegraph, Nina HNBE, Mirror, entre outros.

Após toda a sua superação, a ex-modelo decidiu que era hora de se reerguer e iniciar uma nova vida: uma vida cristã, dedicada unicamente à seus filhos.
[RESENHA] Morri para viver - Andressa Urach [RESENHA] Morri para viver - Andressa Urach Reviewed by Vitor Lessa on segunda-feira, maio 23, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Filmes