Violência Gratuita

REPRODUÇÃO | GOOGLE IMAGES

Título: Funny Games
Título Brasileiro: Violência Gratuita
Ano: 2007
Diretor: Michael Haneke
IMDB: 6,5
Nota: 3/10


Aparentemente está tudo bem até que então alguém bate na sua porta - "Com licença, será que a Srª poderia nos emprestar alguns ovos?".

Violência gratuita relata a vida de uma família que está passando o final de semana em uma casa de praia e recebe duas visitas em casa, aparentemente pessoas boas - Até demais - que fazem da família seus reféns.

Sem escrúpulos, sem piedade e sem remorso dois irmãos resolvem fazer a família toda de refém e fazê-los passar pelos piores tipos de aflições já imaginadas podendo variar desde agressões à nudez e palavras de baixo calão.

O pior de tudo é você imaginar que tudo isso pode um dia acontecer - ou talvez já tenha acontecido em algum lugar - de uma pessoa fazer toda uma família refém e humilhar à todos e não se sentir em momento algum constrangido, mau, ou sentir remorso.



A característica de ambos os invasores é sempre defensiva e calma, como se não estivesse acontecendo, choro, lagrimas e pedidos de perdão são em vão nesta ocasião - Eles não se importam, não querem saber, e pouco ligam para sua dor.

A falta de afeto para com os outros e a falta de amor e paciência ao próximo é algo que estremece todo o filme do início ao fim, você sente compaixão, sente vontade de ajudar e dá até uma certa raiva não poder.

Mesmo com tantos pontos à serem citados, o filme é de longe o melhor em relação ao seu enredo, história e principalmente em relação ao seu foco: A psicopatia.

Não é possível avaliá-lo com mais de 3,5 em uma escala de 10, fazer isso desmereceria todas as avaliações aqui já feitas para filmes melhores que receberam 4,0 ou 5,0.
Violência Gratuita Violência Gratuita Reviewed by Vitor Lessa on segunda-feira, junho 13, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Filmes