[FILOSOFIA] O que é filosofia?


Levando em consideração o nível e a quantidade de vezes que essa pergunta foi feita, podemos ter uma noção básica de que os significados disponíveis para a filosofia não saciam por completo as pessoas que buscam uma resposta mais ampla e satisfatória. E isso, é sem duvida, mais um caso para a filosofia, a ciência das questões do ser humano. 

Pela extensa área do conhecimento acolhida e abordada nos campos da filosofia, podemos dizer que não pode-se exprimir ou explicitar de forma clara e direta o real significado de filosofia, ainda mais sabendo que vários filósofos tem uma visão diferente do que se pode-se chamar filosofia.

Em geral, filosofia é:

Filosofia é uma palavra grega que significa "amor à sabedoria" e consiste no estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, a verdade, aos valores morais e estéticos,à mente e à linguagem. 

A questão é que vários filósofos agregam à palavra filosofia significados diferentes do que outras pessoas acreditam ser, e isso por vez, acaba se tornando aquilo que chamamos de "problema filosófico". O problema filosófico acontece quando o ser humano começa a indagar acerca de qualquer assunto relevante (ou não) que necessita de uma resposta ampla, direta e satisfatória para um consenso unanime. Sendo assim, podemos afirmar que filosofia é de fato o estudo do saber, o amor à sabedoria, visto que, todos nós possuímos problemas a ser solucionados. 

___________________Trecho retirado do site Brasil Escola________________

Desde a invenção da palavra “filosofia”, por Pitágoras, temos diversos problemas filosóficos e diversas respostas a cada um deles. Para os pré-socráticos: a physis; para a Filosofia Antiga: a atividade política, técnicas e ética do homem; para a Filosofia Medieval, o conflito entre fé e razão, os Universais, a existência de Deus, a conciliação entre Presciência divina e Livre-arbítrio; para a Filosofia Moderna, o empirismo e o racionalismo, para a Filosofia Contemporânea, diversos problemas a respeito da existência, da linguagem, da arte, da ciência, entre outros.
Temos também uma diversidade de formas literárias da filosofia: Parmênides escreveu em forma de poema; Platão escreveu diálogos; Epicuro escreveu cartas; Tomás de Aquino desenvolveu o método “questio disputatio” em suas aulas que foram transcritas por seus alunos; Nietzsche escreveu em forma de aforismos. Por esses exemplos, que não esgotam a pluralidade da escrita e da atividade filosófica, podemos compreender que as formas de se fazer filosofia vão muito além dos tratados e das dissertações.
________________________________________________________________
Por vezes temos que filosofia é o ato de pensar e solucionar questões de grau intelectual superior aos demais, que não pode ser exercido ou pensado por pessoas que não estejam incluídas no meio filosófico ou atribuídas as pessoas que não tenham um grau "x" de estudo acerca dos campos filosóficos. Porém, o que ninguém sabe quando acredita em tais afirmações é que assim como os filósofos, todas as opiniões foram pensadas antes de serem expressadas, por mais complexas que fossem, e conosco não é diferente, nenhuma opinião é expressada ou dada, sem antes ser pensada - Logo então temos conosco que filosofia é o ato de questões ligadas à linguagem, ao pensamento e ao comportamento filosófico de indagar.
A Filosofia, como conhecemos hoje, ou seja, no sentido de um conhecimento racional e sistemático, foi uma atividade que, segundo se defende na história da filosofia, iniciou na Grécia Antiga formada por um conjunto de cidades-Estado (pólis) independentes. Isso significa que a sociedade grega reunia características favoráveis a essa forma de expressão pautada por uma investigação racional. Essas características eram: poesia, religião e condições sociopolíticas.
A partir do século VII a.C., os homens e as mulheres não se satisfazem mais com uma explicação mítica da realidade. O pensamento mítico explica a realidade a partir de uma realidade exterior, de ordem sobrenatural, que governa a natureza. O mito não necessita de explicação racional e, por isso, está associado à aceitação dos indivíduos e não há espaço para questionamentos ou críticas.
É em Mileto, situado na Jônia (atual Turquia), no século VI a.C. que nasce Talesque, para a Aristóteles é o iniciador do pensamento filosófico que se distingue do mito. No entanto, o pensamento mítico, embora sem a função de explicar a realidade, ainda ecoa em obras filosóficas, como as de Platão, dos neoplatônicos e dos pitagóricos.
[FILOSOFIA] O que é filosofia? [FILOSOFIA] O que é filosofia? Reviewed by Vitor Lessa on segunda-feira, novembro 28, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Filmes