[RESENHA] Tá todo mundo mal - Julia Tolezano

Titulo: Tá todo mundo mal
Autor (a): Julia Tolezano da Veiga
Editora: Companhia das letras
Ano: 2016 
ISBN:9788535927207
Sinopse: Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em tá todo mundo mal, ela reuniu as suas "melhores" angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no YouTube, "Jout Jout, Prazer".Família, aparência, inseguranças, relacionamentos amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!

Resenha

Tá Todo Mundo Mal é o primeiro livro de Julia Tolezano - mais conhecida pelo pseudônimo Jout Jout Prazer. Conheço o canal da Jout desde 2012 e a cada vídeo assistido, é uma alegria a mais, pois ela sabe como alegrar aqueles que a acompanham com suas atualizações semanais.

O livro das crises não é um livro comum em alguns pontos, mas em outros ele é típico de um youtuber. Assim como o livro de Christian Figueiredo (canal Eu Fico Loko) e Kéfera Buchmann (Canal Cinco Minutos), o livro conta um pouco da vida de Julia, desde o início de namoro com seu atual namorado Caio Franco - O famoso Caião que nunca aparecia nos vídeos até o início deste ano.

Com um desenvolvimento mais que maravilhoso, Jout compartilha com a família Jout Jout (nome dado a todos os que assistem seus vídeos) todas as crises passadas por ela na vida - ou quase.  As histórias nos levam a refletir sobre a nossa vida justamente pelo fato de, um dia, eu, você ou qualquer outra pessoa já podemos ter passado pelo mesmo, um bom exemplo disso são as crises que você enfrenta: Na faculdade, no amor, consigo mesma, com seu corpo, puberdade, familiar, entre outras milhares. 

Envolvente e único do início ao fim é como se fosse um vídeo escrito que é impossível de lê-lo e não imaginar Jout e Caio falando conosco. É algo que é quase que instantâneo.

Para instigar sua vontade e fome pelo livro e pelo folhear das folhas, logo de cara vemos um relato de Caião nos contando como foi seu inicio de relacionamento com Jout Jout, que diz o seguinte:

Julia diz que tudo começou no fatídico dia e que pedi a ela para ler alguns de seus textos. Ela, que ainda não sabia lidar nem um pouco com críticas, me deixou ler, mas com a condição de não ver minhas reações enquanto meus olhos batiam em pensamentos em suas palavras, pensamentos, ideias e devaneios. Comecei a ler. Ela começou chorar. Li mesmo assim. Ela ansiosa e temerosa. Continuei lendo. Ela foi se acalmando. Eu ri

Outro trecho fabuloso do livro da Jout que nos envolve de uma forma... Sem explicações:

Você provavelmente não me conhece. Ou me conhece muito. Somos completos desconhecidos ou talvez façamos parte de uma mesma família que cultivamos com um amor imenso. De qualquer forma, somos parecidíssimos. Por que eu tenho crises e você tem crises. Quem sabe já tivemos as mesmas crises. Se você me contasse suas crises, eu riria e falaria "Ai, sei exatamente como é". Ou ficaria boquiaberta e um pouco feliz por ainda não ter vivido nada parecido. E quando chegasse a minha vez de ter essa crise em particular, que fiquei tão feliz em não ter, eu lembraria da sua e ficaria ainda mais feliz por saber que não estou sozinha nessa crise.

Se você é do tipo de leitor que quer compartilhar suas crises, ou saber das crises alheias, você pode acabar querendo dar uma olhada no livro da Jout Jout. Um livro escrito por uma youtuber que tem muito mais a oferecer do que vídeos e falas bem produzidas em um roteiro.

Obviamente, eu não poderia pontuar outras partes do livro que são extremamente lindas e reflexivas, porque senão eu teria que colocar o livro todo aqui - é realmente fabuloso.


Especificações sobre o livro

O acabamento da capa é em brochura, mas com uma textura mais grossa do que os demais livros com esse detalhe de produção. O livro tem cerca de 21 cm e pesa aproximadamente 0.21 kgs (extremamente leve).



[RESENHA] Tá todo mundo mal - Julia Tolezano [RESENHA] Tá todo mundo mal - Julia Tolezano Reviewed by Vitor Lessa on terça-feira, novembro 29, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Filmes