Header Ads

Pré-conceito literário no Brasil


Pré-conceito é o julgo precipitado sem o conhecimento devido de determinada ação para uma concretização e firmamento de ideias fixas em uma ideologia de conhecimento básico sobre um assunto, diferente de preconceito que é basicamente o julgo de algo que conhecemos bem.

O mercado literário brasileiro ainda passa por  problemas de aceitação dentro da própria pátria. Pensando nisso, decidi escrever uma publicação em meu Facebook expressando toda a minha indignidade com relação aos leitores que menosprezam de alguma forma a cultura literária no Brasil. 

É frustrante para um leitor/blogueiro brasileiro abrir um canal no Youtube e ver vídeos e vídeos de booktubers brasileiros indicando livros americanos, e nenhum, absolutamente nenhum livro nacional em listas e listas de desejos, de aquisições, de indicação ou até mesmo resenhas. Será que o brasileiro não possui um bom potencial de escrita para se igualar ao americano? Acho que o problema não é este.

O único momento em que um brasileiro consegue vender bem sua obra, é quando ele começa a aderir aquelas promoções das plataformas de vendas online que reduzem o preço do livro que já é barato, para quase nulo - Somente para que ele fique visível de alguma forma e outras pessoas venham a conhecê-lo, e o que é pior nem é isso - E quando eles se vêem obrigados a colocar o livro gratuito por um ou dois dias para que as pessoas possam baixa-lo e assim formar um grupo de leitores, fãs do seu trabalho e etc.

Sentimento é algo do humano, todos nós em todos os lugares do globo terrestre podemos sentir as mesmas angustias, mágoas, alegrias, tristezas, sofrimentos e passar pelos mesmos problemas. Romance, terror, ficção é o mesmo em todo lugar do mundo, o significado não muda. Então, por que não dar uma chance para um autor brasileiro que colocou toda a sua alma, toda sua vida em uma obra literária? 

É cansativo, maçante e preocupante ver uma geração de jovens que dormem ao ouvir "livro nacional", conheço pessoas que só de falar em Machado de Assis ou Clarice Lispector, caem no sono. Conheço pessoas que só de falar em bienal do livro inventam mil e um motivos para não irem. É necessário iniciar AGORA uma campanha de valorização da cultura literária no Brasil, é necessário que cada um de nós venha a compartilhar uma história, um livro ou um autor nacional que gosta para poder inspirar as crianças, os jovens e até mesmo os adultos a gostarem da literatura brasileira - Afinal, os gêneros literários escritos pelos americanos também estão presentes aqui. A indignação "x" de tudo isso não é como as pessoas se importam com livros novos, mas como elas recebem os que já estão no mercado, em especial, os da própria pátria. Afinal, é necessário que cada um de nós valorize aquilo o que a nossa terra tende a nos oferecer de melhor.

Como blogueiro brasileiro é minha missão garantir que a literatura brasileira chegue a todos os nossos leitores, não importando como. Seja por e-mail, por redes sociais ou até mesmo por campanhas publicitárias e ações de marketing. Então, vamos parar AGORA de achar que o Brasil não tem nada a oferecer e que tudo o que vem de fora é melhor do que o que temos aqui, porque isso não é verdade.

Alguns autores nacionais para que você possa conhecer estão aqui.
Tecnologia do Blogger.