Header Ads

Precisamos falar sobre Ghost Writer


Eu e aquela mania maravilhosa de colocar determinadas palavras em inglês por puro chamego. Ghost Writer é uma palavra em inglês que traduzida nos remete a tradução "Escritor Fantasma". Pode parecer difícil acreditar, mas infelizmente essa é uma triste realidade, e é sobre ela que iremos falar. 


Ghost Writer é acima de tudo, uma profissão. Algumas pessoas aceitam escrever livros alheios para garantir uma renda extra, e isso não é justo. Se você possui dom, talentos e força de vontade, porque não publica VOCÊ o livro que você está dedicando tempo em escrever para outra pessoa? Assim o lucro será totalmente seu. Acho isso extremamente triste, e iremos falar sobre o porque disso ser algo tão ruim neste texto-discussão-desabafo.

Há um tempo eu venho refletindo sobre a quantidade de pessoas que passam dias, meses e até anos sem dormir escrevendo seu livro para publica-lo, e na dificuldade que alguns destes autores encontram em publica-lo após finalizado. Alguns autores encontram dificuldades em encontrar uma editora que cumpra todos os requisitos necessários para suprir a necessidade de demanda do livro para publicação, ou a publicação independente, que na maioria das vezes, traz despesas que o lucro não supre - Enquanto de um lado possuímos uma classe de pessoas que estão de olho no mercado literário e na grana que as editoras, e os autores publicados reconhecidos estão conseguindo, estas pessoas que enxergam apenas o lucro na maioria das vezes já possuem uma reserva de dinheiro para fazer mais dinheiro, e optam pelo mercado literário.

Você deve estar se perguntando: "Mas quem publicaria um livro sabendo que não foi o autor que escreveu de fato aquela obra?" - Infelizmente com o crescimento do mercado literário e das vendas de livros e aumento do público interessado em leitura (aumento de 5% a mais que em 2015), começaram a surgir editoras que estão interessadas apenas no lucro que os livros podem trazer, então, o fato do livro ter ou não ter sido escrito por aquela pessoa acaba sendo um tanto faz, afinal, se é um original, inédito na web e ninguém reclamou a autoria ou possui provas concretas para provar os direitos sobre a obra, a editora acaba por fim, publicando a obra. 

A maioria das editoras de hoje em dia estão interessadas em faturar, apenas isso. Por consequência do faturamento, as editoras acabam fazendo um orçamento um tanto "injusto" para o autor, visando mais o lucro pessoal da editora, do que do autor - Como dito anteriormente, interessados apenas em lucro, mas como tudo, existe suas exceções. E como o autor esta bancando a obra, é claro que ela será publicada.

Não se pergunte muito se você já leu algum livro escrito por um escritor fantasma, eles estão por todas as partes e na maioria das vezes repleto de fãs.

Mas afinal, como surge um livro fantasma? Uma celebridade, um nome conhecido ou uma pessoa com um auto poder monetário contrata um escritor "x" ou um jornalista para escrever seu livro, o responsável pela escrita faz algumas breves anotações de como o livro será redigido, o que o autor deseja passar com a escrita, o que deve ser frisado, retirado, descartado, enfim. Após o responsável pela escrita pegar todas informações necessárias, o autor (que previamente vende os direitos autorais) passa o original para o comprador, e este por fim, assina o livro com seu nome como se tivesse escrito aquela obra.

O mais revoltante nisso tudo nem é o fato destas pessoas obterem êxito fazendo algo dessa estrutura, mas o fato de que existem milhões de leitores por ai que detém o poder da escrita e não conseguem o sucesso que muitas das vezes um escritor fantasma consegue. Isso é lastimável.

Você passa noites sem dormir, planeja todo o seu livro e o publica, fica ansioso com a opinião das pessoas e fica frustrado quando o livro não obtém o reconhecimento que almejamos quando estamos escrevendo. Porém, algumas pessoas nem escrevem, apenas dão uma pequena entrevista e vão dormir e conseguem uma explosão de vendas. Afinal, o que o dinheiro não compra, não é mesmo? Ele compra a publicação, a divulgação, o marketing e ainda te dá fãs de brinde, afinal, um livro bem divulgado, publicado por um selo conhecido sempre obtém um sucesso repentino e consegue se destacar dentre todos os outros (querendo ou não, é assim).

Vamos começar a abrir os olhos, por que existe SIM muito livro no mercado que não foi publicado pelo o autor que o assina, então, vamos começar a comprar apenas os livros que de fato merecem ser comprados. Mas, como saber? Acredite, você saberá. 

@tafarelytrends
Tecnologia do Blogger.