Header Ads

[DOMÍNIO PÚBLICO] +2000 obras da literatura de cordel

Literatura de Cordel

A literatura de cordel - Gênero literário muito popular no nordeste brasileiro está tendo seus horizontes expandidos. A Fundação Casa Rui Barbosa (FCRB) criou o Cordel - Literatura Popular em Verso, um site maravilhoso que disponibiliza mais de dois mil livros dentro do gênero popular nordestino. 

As obras disponibilizadas no website estão dentro do domínio público - Podem ser editadas, disponibilizadas e republicadas por qualquer outra pessoa sem requerimento de permissão por parte do autor ou responsáveis. Outras obras que não estão em domínio público foram disponibilizadas mediante solicitação de parentes dos escritores, ou cedidos gentilmente pelos mesmos.

A literatura de cordel Remonta ao século XVI, quando o Renascimento popularizou a impressão de relatos orais, e mantém-se uma forma literária popular no Brasil. O nome tem origem na forma como tradicionalmente os folhetos eram expostos para venda, pendurados em cordas, cordéis ou barbantes em Portugal. No Nordeste do Brasil o nome foi herdado, mas a tradição do barbante não se perpetuou: o folheto brasileiro pode ou não estar exposto em barbantes. Alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, também usadas nas capas. As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos. Os autores, ou cordelistas, recitam esses versos de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de viola, como também fazem leituras ou declamações muito empolgadas e animadas para conquistar os possíveis compradores. Para reunir os expoentes deste gênero literário típico do Brasil, foi fundada em 1988 a Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com sede no Rio de Janeiro. - @wikipédia

Acesse todo o acervo gratuito clicando aqui.
Tecnologia do Blogger.