Ads Top

[ENTREVISTA] Danka Maia — Autora de "Casa dos destinos"

Danka Maia | Acervo Pessoal | Divulgação

A nova convidada de hoje é mais que uma vencedora, e isso, em todos os sentidos possíveis. Danka Maia tem 36 anos e é natural do estado do Rio de Janeiro, mais precisamente na cidade de Cabo Frio. Autora de mais de vinte obras, Daniele Maia (nome de batismo) consagrou uma legião de fãs pelo globo. A escritora possui uma escrita peculiar, direta e complexa em diversos momentos. 

E é com esta querida autora, com quem teremos dois dedos de prosa. 

Como nasceu o seu relacionamento com a escrita?

Foi bem precoce. Eu tinha uns 3 para 4 anos de idade. Era grudada no meu pai e ele trabalhava muito, às vezes somente aos domingos ficava em casa. E ele adorava ler, e colecionava gibis.  Em meu mundinho não conseguia entender bem o que era aquilo que o prendia por tanto tempo ali deitado no sofá. Então ele me deixava entretida com os gibis que  estavam mais velhos. Até que um dia eu quis um, que tecnicamente falando, não poderia ser meu porque era novo. Então na birra, coisas de crianças, ele me disse para eu gravar aquelas figuras e criar a minha história nelas. E foi ali que tudo começou. Você poderia me perguntar sobre qualquer um dos gibis que ele tinha, e repetia a história criada para cada um deles. E essa é ainda a forma como escrevo até hoje. Primeiro eu mentalizo todo o arcabouço da história, faço minhas pesquisas, e quando tudo está traçado na minha linha do tempo mental eu sento  e escrevo.

Qual foi o primeiro livro que você escreveu? E como surgiu a ideia de escrever um livro?

O Primeiro foi Blanka- O Destino A Marcou Pelo Sangue em 2009. Numa versão muito menor do que ela é hoje, quando a reescrevi novamente em 2016 para levar para o Wattpad. Eu sempre senti que devia isso a minha cigana Blanka Pankova. 

A escrita passou pela minha vida em etapas, o livro foi a mais recente. Eu comecei com redações escolares. Quem nunca? (Risos), mas para satisfazer a escritora que há em mim, eu fui para os braços da poesia, depois crônicas, contos e enfim livros. Então a vida foi me preparando aos poucos até chegar a trama de Blanka.  Minhas ideias simplesmente vêm da minha mente inquieta. Surgiu a vontade de escrever sobre uma cigana que queria ser bailarina clássica. Decide romper com seus laços culturais para viver esse sonho. Mas o Destino tinha escrito algo muito maior para ela. Uma menina de 17 anos de idade com uma avó idosa que desesperada não tem outra opção de fazer o que precisou. Mas é atormentada pela frase: “ Três motivos de sangue, três motivos de amor, três motivos de sofrimentos, três motivos de dor”. Levei quase um ano e meio estudando a cultura cigana, que é linda, mas muito fechada. E então juntei minha trama com a licença poética para trazer Blanka ao mundo literário. Umas das coisas que mais leio, ouço sobre esse livro é: Você é cigana? Você tem origem cigana? Isso me orgulha, porque sei que fiz o dever de casa direitinho. 

Quais suas principais inspirações literárias?

Inspiração... Palavra complicada para mim. (Risos). Eu não acredito na inspiração como a maioria das pessoas. Essa moça misteriosa que debruça no seu ombro e te sussurra coisas e depois parte. As coisas que me inspiram pode ser tudo que está a minha volta. Filmes (amo, quase cinéfila), séries, músicas, vidas, etc. Mas como referência em termos literários enquanto escritores, eu cito Agatha Christie, Sir Arthur Conan Doyle, Clarice Lispector, Fernando Sabino, Monteiro Lobato e Erick Segal. É minha escola. É  de onde eu vim.

O que você considera mais difícil durante a escrita de uma história?

Para mim sempre será como o leitor vai reagir a história. Você ser mais ou menos experiente. Mais cascudo. Pode se dedicar muito. Mas o frio na barriga vem quando o leitor para o mundo dele para ler o seu. Esse sempre será o momento mais difícil da escrita.

Quais seus livros? E qual deles você mais gostou de escrever?

Livros publicados:

1-A Casa Dos Destinos – suspense – Amazon
2-Blanka- O Destino A Marcou Pelo Sangue- romance – Wattpad
3-Quando O Segundo Sol Chegar – romance – Wattpad e Amazon
4-Amor Em Terras De Fogo- Romance
5-Cruéis- Tudo que Precisam É De Uma Oportunidade  — suspense- terror — Amazon
6-Supera Raclana  — drama — comédia  teen — Amazon
7-A Piranha Tem Nome – comédia teen 
8-Elos Do Pudor – romance – Amazon
9-Crônicas e Contos por Danka Maia – coletânea — Amazon
10-Hangra Reis — Conto suspense — Amazon
11-E Ela Foi Cinderela — infantil – Amazon
12- A Menina Que Não Tinha saudade — infantil
13-Liga Literária — ficção — Amazon
14-Os Avisados — romance/suspense sobrenatural — Amazon
15-A Outra face De Nora Deiel – suspense/terror — Amazon
16- Coletâneas Poesia Todo Dia — Onde ganhei com poema Frustração.
17- O Sol Da Meia Noite — Amazon
18- Satanistas Graças A Deus – Suspense - Amazon.
19- Fada Safada- conto erótico/comédia
 20- Entre Quatro Paredes E Nada Mais- Conto erótico.
21- O Poeta – conto romântico
22- O Rei – Sedutor, Insaciável e Único. —  Romance erótico sendo escrito e postado no Wattpad, em breve no Amazon.

Qual de seus personagens você mais gosta?

Uau! Difícil dizer... São tantos. Mas como tenho que escolher alguns, hoje eu direi: Kobak – Quando O Segundo Sol Chegar, Blanka, Baldur- O Rei, Docinho – Fada Safada, Istvan de Entre Quatro Paredes e Nada Mais, Evinha da Casa dos Destinos. Por hoje! (Risos).


Como você sente quando recebe um comentário positivo acerca de sua obra?


FELICIDADE GERAL DA NAÇÃO! (Risos). Vira feriado no mundo Danka Maia. Brincadeiras a parte, é sempre um momento gostoso, de satisfação. É como receber o boletim e saber que passou de ano. Eu me sinto realizada e com a sensação de que ainda não cheguei onde quero, mas que estou no caminho certo. Por isso, ressalto aqui, quando você ler um livro, um filme, um trabalho irado de alguém. Sabe, parabeniza. Isso gera força, incentivo, boas energias, motivação. È bom demais! 

Pretende escrever novos livros? Tem algum projeto em mente chegando?

Sim. Estou finalizando O Rei- Sedutor, Insaciável e Único onde ele seguirá no Amazon, mas pode ser acompanhado pelo Wattpad. Lancei dia 01de fevereiro o conto a Fada Safada, uma comédia erótica. Para 2017, ainda trago Entre Quatro Paredes e Nada Mais, o livro, o conto já saiu pelo Amazon.  Ikanaton- O Príncipe Perverso Do Deserto, um romance histórico que se passa no Egito e a Casa dos Sonhos, meu próximo livro de suspense. 

Qual gênero literário você mais se identifica?

Como leitora, eu amo suspense e biografias. Como escritora o romance e suspense.

O que você diria para as pessoas que estão conhecendo tanto você, quanto a sua escrita agora?

Eu digo que vale a pena ler Danka Maia. Não porque eu seja incrível, maravilhosa ou nada que o ego possa entrar em surto e me fazer falar aqui nesse momento que não soe como meras tolices do meu Eu. Porque nessa vida aprende, aprende e aprende e no final ainda não sabemos nada. Mas porque eu sou uma escritora que conjuga o verbo escrever no lugar do existir.  Escrevo porque dentro de mim há uma vontade insana de dar vidas para histórias que a realidade esqueceu-se de contar, que possam seduzir você, arrancar um riso de sua boca, trazer luz ao seu pensamento. Então se você quer se permitir a sair do seu mundo e entrar no meu, saiba que é muito bem vindo e que não irá se arrepender. 

O que as pessoas devem esperar da sua escrita?

Intensidade. Eu sou intensa por natureza. Gosto e me dedico em colocar o meu leitor como um personagem dentro da trama, daqueles que espiam por trás da cortina fina. Que ouvem tudo. Que veem tudo. É isso que você pode esperar. Borboletas na barriga, frio na espinha, lágrimas nos olhos, gargalhadas inesperadas. É isso que me proponho a fazer para seu coração literário.

Qual passagem do seu livro te marcou mais? Existe um trecho que você goste mais que os outros?

Nossa! Como responder essa pergunta com tantos filhos?  Eu certamente serei injusta aqui, porque irei me esquecer de algum que fatalmente eu adore.   Mas citarei um trecho de Quando O Segundo Sol Chegar que eu amo.

Ele gostava de colocar seu rosto contra o dela enquanto a regia... Sentir o cheiro dos seus cabelos... A respiração quente resvalar na ponta da sua orelha fazendo seu corpo eriçar.

Ela fascinava-se com aquele homem tão zeloso... Tão romanticamente perfeito... Adorava o modo como tocava no corpo dela. Sempre como se fosse a primeira vez que adentrasse num santuário. Amava cerrar os olhos e deixa-lo conduzi-la nos compassos da composição...
— Di... — cochichou sentindo a canção com os olhos fechados.
— Sim... — redarguiu, amando aquele tom rouco que a fazia sentir-se única no universo. — Eu te amo! — observou o coração dele acelerar enquanto citava tal frase.
— Velkan... 
— Sim... — foi a vez dele responder.
— Também te amo... — ela confessou.
Buscaram seus olhares... Suas almas se viram... Dedilhou todo rosto dela com suas mãos... Encostaram suas testas...
 O tempo parou para assisti-los dançar... 
Os amantes quando bailam encanta o tempo, ele se renega a passar para eles...
São poderosos demais...
De repente ela parou os passos lentos da dança.
— O que foi?— ele quis compreender.
— Seus olhos... — segredou.
— São doces!— achou que ela diria isto.
— Não... Agora são mais que doces... — deixando-o intrigado.
— O que são?
— São vivos! — neste instante os olhos verdes dela vibraram uma luz que o entorpeceu ainda mais.
Ele mordiscava seus lábios...
— Não sei como seria viver sem sua boca... — admitiu sem tirar os olhos dela.
— Nem eu... — referindo-se a dele.
— Não sei como agir sem sua presença... — ainda mordiscando no balancete da melodia.
— Nem eu... — outra vez ela se aludia a dele.
— Não sei mais o que pensar... — domado pelo amor.
— Eu já nem penso mais... — o confidenciou.

Como foi a recepção do público com relação ao seu primeiro livro?

Acima das minhas expectativas com toda certeza! O primeiro livro que publiquei por uma editora tradicional foi A Casa Dos Destinos. O livro foi um sucesso. Ganhei leitores, tive a tão sonhada noite de autógrafos, fotos e tudo. Um sonho. Eu confesso que eu não esperava tanto da Casa, não por duvidar da trama, e sim porque eu estava caindo de paraquedas no mundo literário.

O que te inspira a continuar escrevendo?

 Sabe não há uma semana que passe inteira sem que eu pense em desistir. (emocionada). Mas por que continuo? Eu não sei… Sou sincera, não sei, entretanto uma coisa eu posso garanti-los, eu tenho plena convicção que eu tenho que seguir em frente. Esse é o meu dom. Dom? Dom é Presente Divino. Então eu sigo.  O resto é consequência. Talvez meus sonhos é que me mantém vívida. Um deles? Bem ousado? Um dia buscarei a estatueta do Oscar de melhor roteirista para o Brasil. Quando? Não faço a menor ideia. No entanto se eu desistir, nunca saberei o quanto cheguei perto. Nosso olhar não dobra a esquina. Não sabemos o que nos aguarda. Mas pense como seu sonho. Ele está lá em cima. Ele pode ver o quanta falta para que você consiga. Se parar, nunca saberá. O importante do caminho é o caminhar. Quem tem fé não anda a pé. Então eu prefiro seguir.


O que você diria para alguém que está iniciando a escrita do seu primeiro livro?

 Primeiro tenha domínio total sobre o enredo que você escolheu. Do começo ao fim, o leitor precisa sentir que você está seguro de onde quer leva-lo é com isso que vem a entrega dele a sua trama. Estude técnicas narrativas. Identifique a sua maior facilidade e melhore. Identifique a sua maior deficiência e a melhore. Não se esqueça de três palavras mágicas numa trama: Empatia, simpatia e antipatia.

Durante muito tempo eu acreditei nisso viu, e por isso estou dividindo com você agora porque não quero que você sofra o que eu sofri. O livro em si não é uma obra aberta como uma novela, por exemplo, onde o autor se baseia em pesquisas e dependendo da reação do público ele muda algumas coisas para readequar a trama ao gosto da maioria. 

Contudo, no Brasil, existe essa mentalidade, acredito eu que seja até em virtude das telenovelas que são um poderoso produto áudio visual em nosso país, os leitores tendem a acreditar que a sua história precisa ser como eles querem. E aí vem o pulo do gato: Eles estão certos!

O que eu quero dizer com isso? Que você precisa ter total consciência do que o público para o qual você escreve ou deseja escrever espera, anseia da sua trama. De que você carece ter o domínio para mover os motores que esse público acredita. 

E como se consegue isso? Estudando muito! Estudando técnicas literárias, estudando um pouco de psicanálise, (os doze arquétipos de Jung são bárbaros na formação de personagens!), observando o mundo e as pessoas a sua volta. Um escritor não para de trabalhar quando fecha seu notebook, celular e afins. A cabeça dele permanece em sincronia com suas histórias. 

Então observação e pesquisa sempre! Seu leitor necessita encontrar em sua trama três palavras mágicas: Empatia, simpatia e antipatia. Guardem bem essas três palavras e o significado delas em seu enredo.

Não existe receita pronta para um livro Best Sellers. Ascensão meteórica nessa carreira pode eventualmente acontecer, mas não é a regra e sim a exceção. O que eu quero dizer com isso? Para ser escritor tem que ser muito persistente. É um caminho a longo prazo. De tijolinhos sendo cuidadosamente colocados dia após dia com todo amor, carinho e muita, muita dedicação. Portanto, não tenha pressa.
Não esqueça: Leitores são pessoas que param o seu mundo para lerem o seu e ainda te agradecem por isso.

O que você tem a dizer para os leitores do catraca seletiva?

Que eu estou me sentindo uma Diva em estar aqui! A última bolachinha do pacote. Juro!!!! (Risos), quando uma amiga me avisou eu não acreditei. Uau!! Mas fora o surto psicótico da pessoa aqui, eu quero que saibam que é uma honra para eu ter seus olhos em minhas palavras. Por pararem suas vidas e lerem um pouco sobre minhas obras que saem da minha mente inquieta. Fui uma pessoa mais feliz hoje. Palavra de ordem do dia é GRATIDÃO! Então obrigada, e de braços abertos espero por todos vocês sejam pelas redes sociais, Wattpad, Amazon, Whatsapp e afins. Eu quero poder conversar com todos, porque estreitar laços com leitores é o que de melhor tem na vida literária. Muito obrigada galera!

Onde podemos encontrar seus livros para compra? Qual você indica que nossos leitores conheçam primeiro?

Meus livros podem ser encontrados no Amazon. Deixarei o link abaixo. Eu indico Quando O Segundo Sol Chegar que é uma duologia. De uma história de amor contada sob o olhar da vingança.  No suspense eu indico Satanistas Graças a Deus.

Amazon=> https://www.amazon.com.br/s/ref=nb_sb_noss_2?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&url=search-alias%3Ddigital-text&field-keywords=Danka+Maia

É chegado ao fim da nossa entrevista. Muito obrigado pela oportunidade e pela paciência. Sucessos !​

Ah não, estava tão bom! Imagina eu quem agradeço pelo presente, a dádiva de estar aqui no Catraca Seletiva. Obrigada pelas portas abertas. Pela receptividade. Pelo carinho. Muito obrigada de todo coração. Sucesso para todos nós e que Deus abençoe todos. Fui! Mas vou feliz!!!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.