Ads Top

O primeiro livro a gente nunca esquece

O primeiro livro marca o início de um ciclo sem fim de amor pela literatura ♥ 

10 anos de idade, ano de 2005, Colégio Estadual Alfredo Nasser. Se você puder pensar por um segundo em um misto de preguiça e indisposição, obviamente virá uma imagem minha na sua cabeça, talvez não nos dias de hoje, porém, vivo indisposto, jogado para os lados, olhando para o teto, com preguiça e sem a menor vontade de fazer coisa alguma. Mas, são águas passadas.

Certo dia uma equipe de filmes caseiros do FICA (Festival Internacional de Cinema Ambiental) "invadiu" o colégio onde eu estava e propôs a coisa que mais me deu preguiça naquele momento: Ler. Já não bastava a dor nos braços e nos dedos e as cãibras que eu sentia diariamente após copiar dez ou doze vezes as matérias escritas pela sem coração da professora de língua portuguesa? Ok, nem era tanta coisa assim, porém, estou acostumado a reclamar. O projeto do FICA proposto para o colégio era que todos os alunos de toda a escola lessem um livro sobre projetos sociais ou sobre a evolução da criança para a fase adulta — embora, o real motivo era um filme caseiro que posteriormente já havia sido produzido —. 

Na biblioteca do colégio eu fui em busca do tal livro para poder ler e fazer uma espécie de análise, que naqueles dias, mais parecia uma apresentação de TCC, ou seja, mais falado diante de toda a classe do que escrito. Encontrei entre milhares e milhares de livros imensos e completamente sem graça, um livro que fez meus olhos brilharem e me chamou bastante a atenção. Seu nome? Insônia, era exatamente este livro que eu iria ler. 

Insônia é um livro classificado categoricamente como infanto juvenil. O livro narra a vida de Cláudia, uma garota que mora com o pai que trabalha como biólogo em diversos laboratórios e projetos, e por este motivo, está sempre viajando. Um dia durante uma viajem do pai, Claudia decidi ir junto e ambos se hospedam em um hotel extremamente luxuoso com todas as regalias que alguém poderia querer em uma viagem, porém, tudo o que ela conseguia pensar era no pai e em como ele estava. Nesta viajem Claudia irá conhecer uma série de pessoas colocadas pelo destino para explicar para a jovem garota como funciona o universo dos adultos, porém, com experiências e não como uma apresentação.

Claudia que antes era uma garota muito responsável, porém, ingênua, volta completamente renovada com o pai para casa depois de uma série de experiências e sua vida vira de ponta a cabeça, completamente o oposto de como era antes da viajem. Agora ela sabia como era uma balada, como era ter uma amiga de verdade, as delícias de uma viagem e compreende que talvez o trabalho do pai, não seja tão ruim quanto pensa.

Após conhecer este livro eu fiquei APAIXONADO na escrita de Marcelo Carneiro da Cunha e procurei pesquisar sobre outros livros de sua autoria na biblioteca da escola, e conheci então os títulos: Duda (uma trilogia muito divertida), Ímpar, o nosso juiz, noites do Bonfim e claro, o inesquecível super.

Em 2012/13, não me recordo bem, eu fiz uma publicação sobre este livro aqui no blog. Aparentemente o autor e sua assessoria conseguiram ter acesso a esta publicação (clica) e entraram em contato comigo solicitando que eu ajudasse na divulgação do filme "insônia" que contava com a participação de Luana Piovanni. Eu demorei para cair a ficha, porém, realmente era a assessoria daquele autor pelo o qual eu estava apaixonado. Até hoje eu tenho os e-mails, as conversas e as propostas de me enviar um livro MARAVILHOSO autografado, e foi tudo um sonho.

Insônia foi o meu primeiro livro, e o único que eu NUNCA esqueci nenhum detalhe da história, personagem ou algo do tipo. Claudia e suas aventuras me fascinaram por completo. O livro é o meu preferido até os dias atuais, não existe outro livro brasileiro que eu goste mais (só Duda que empata, né?).

publicado originalmente em 1996 (um ano após meu nascimento), o livro se perpetuou pelas livrarias das escolas — Bom, eu sempre o vi nestas livrarias, obviamente tem para venda — e honestamente, eu espero que todos vocês possam ter acesso a este livro um dia. Ele mudou a minha vida e me fez ser a pessoa apaixonada por literatura que sou hoje, então, bora providenciar o seu?

Compre seu exemplar na Livraria Saraiva, Buscapé, Livraria Travessa e no sebo do Estante Virtual.

Detalhes da obra:



ISBN-13: 9788585500658
ISBN-10: 8585500654
Ano: 1996 / Páginas: 181
Idioma: português 
Editora: Projeto

Cláudia é uma garota que perdeu a mãe quando criança e, por morar com um pai genial, mas desligado, viu-se obrigada a amadurecer. O autor utiliza elementos muito ricos, desde os poemas de Sylvia Plath, Robert Frost e Carl Sandburg até as conversas via Internet, que se fundem de modo muito articulado com a voz maior da narrativa.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.