Header Ads

Lançamentos de março, Editora Rocco


E a pioneira dos livros fantásticos não para. A Editora Rocco está com lançamentos incríveis para este mês de março. O mês mau começou e a editora já está arrasando, dentre os lançamentos podemos conferir uma nova versão de "Harry Potter e a câmara secreta". Nick Lane, Affinity Konar, Gonzalo guillar e Mário Câmara também estão entre os títulos em destaque deste mês.

HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA - ILUSTRADO POR JIM KAY

Autor: J. K. Rowling 
Tradução: Lia Wyler 
Ilustração: Jim Kay 
Preço: R$ 119,50 
272 pg. | 23,2x27,3 cm 
ISBN: 978-85-325-3055-4 
Assuntos: ficção – romance/novela, fantasia 
Selo: Rocco

Livro em pré-venda
Lançamento 11 de março

Segundo livro da série que se tornou o maior fenômeno do mercado editorial em todo o mundo, com traduções em 75 idiomas e mais de 450 milhões de exemplares vendidos, Harry Potter e a Câmara Secreta chega às prateleiras em edição ilustrada. Cenas de tirar o fôlego, momentos tensos da trama e personagens inesquecíveis esperam os leitores nesta edição mágica, em capa dura e papel couché, que traz o texto integral de J.K. Rowling e desenhos do premiado Jim Kay. Com tinta, papel e pixels, o ilustrador britânico cria um mundo encantado como nunca antes visto para acompanhar o segundo ano de Harry Potter na Escola de Magia de Hogwarts.
 
Em Harry Potter e a Câmara Secreta, o jovem aprendiz de bruxo começa a ser atormentado por vozes estranhas, que parecem sair de dentro da sua cabeça. Ele descobre ser ofidioglota, característica rara entre os bruxos, o que levanta suspeitas sobre ele como possível responsável por abrir a Câmara Secreta, que guarda o terrível monstro Basilisco. Manipulada por Voldemort, Gina Weasley, irmã de Rony, é capturada e levada à Câmara – e somente Harry pode salvá-la. Até Hermione, amiga querida de Potter, é atacada pelo monstro e se transforma numa estátua. Só resta ao jovem herói tentar resolver o mistério por conta própria. 
 
Ganhador da Kate Greenaway Medal, Jim Kay fez um trabalho minucioso ao recriar o universo de Harry Potter em imagens e cores. Assim como no primeiro volume, Harry Potter e a Pedra Filosofal, este segundo livro da série traz técnicas de ilustração diversas: de esboços a lápis, passando por guache e aquarela. E são muitas as referências à história da arte e à história natural, como a página da mandrágora que sugere um esboço de Leonardo e as referências lúdicas aos guias de espécies de fauna e flora tradicionais. Tudo isso vem de um amor pelos livros e pela natureza por parte de Kay.
 
“Eu amo livros. Quando eu era criança, havia uma estante no meu quarto lotada de enciclopédias gigantes sobe história natural, e minha vida desde então tem sido trabalhar em torno de livros, dos arquivos da Tate à biblioteca do Royal Botanic Gardens, Kew. Então, para mim, é só uma continuação disso, na verdade. Eu acho que a fantasia funciona quando você a mantém fundamentada na realidade, e eu quero dar às criaturas que povoam Harry Potter a sensação de autenticidade, descrevendo-as em detalhes”, afirma o ilustrador. 
 
Perfeitas para a legião de fãs da série de J.K. Rowling e para as novas gerações que estão descobrindo a leitura, as edições de Harry Potter ilustradas por Jim Kay ultrapassam fronteiras de gênero e idade e mantêm viva a magia do universo criado por J.K. Rowling.

KINGMAKER - O ABANDONO DA FÉ

Autor: Toby Clements 
Tradução: Geni Hirata 
Preço: R$ 64,50 
464 pp. | 16x23 cm 
ISBN: 978-85-325-3052-3 
Assuntos: ficção – romance/novela, romance histórico 
Selo: Rocco

Em O abandono da fé, segundo volume da série épica Kingmaker, Toby Clements leva o leitor a ainda mais perto do centro da ação da bárbara e intrincada Guerra das Rosas, que marcou e transformou a Inglaterra durante a segunda metade do século XV. Com ritmo, tensão e descrições vívidas de uma Europa em que batalhas mortais são fatos corriqueiros, a narrativa retoma as qualidades que fizeram do livro anterior, Uma jornada no inverno, uma das obras de ficção histórica mais aclamadas da década. Em um cenário de frio, fogo, fome e sangue, o cônego Thomas e a noviça Katherine seguem em fuga em meio ao caos e às intempéries – e em posse de um perigoso segredo que a Igreja e o Estado não pouparão esforços para proteger.
 
Em 1461, sob forte nevasca, a Batalha de Towton registrou 20 mil ingleses mortos em um único dia. Eduardo de York triunfou e foi coroado Eduardo IV, mas sua vitória, por uma margem mínima, não assinalou o fim das cruéis disputas pelo trono. O rei Henrique VI e a rainha Margaret, de Lancaster, conseguiram escapar e se refugiar na Escócia, nos castelos de Dunstanburgh e Alnwick, que logo se tornaram faróis de esperança para os derrotados. Agora, o conde de Warwick, poderoso aliado do rei Eduardo, marcha para o Norte com um vasto exército e artilharia suficiente para pôr abaixo qualquer fortaleza. Assim, enquanto alguns rezam para que a queda dos castelos assinale o fim de um doloroso capítulo na história inglesa, outros esperam que um milagre faça com que o velho monarca sobreviva, prospere e retorne o poder para corrigir as injustiças propagadas nos últimos anos. 
 
Nesse contexto, Thomas, ferido, perde a voz e a memória, e, seguindo seu único vestígio de lembrança, chega até a fazenda dos irmãos que há muito não o viam. Katherine continua vivendo sob disfarce, amada e protegida por um homem que não faz ideia de sua real identidade. Mas as circunstâncias confluem para um reencontro no cerne de uma Inglaterra dilacerada, embora, para eles, os motivos por trás daquele conflito pouco signifiquem. Camuflando o passado, Katherine e Thomas travam suas guerras pessoais contra inimigos que chegam cada vez mais perto.
 
Kingmaker abre a janela para uma realidade tão distante que hoje parece fruto de uma imaginação fantástica – não à toa, a Guerra das Rosas foi também uma das principais inspirações para a série Game of thrones. Mais uma vez, Toby Clement mostra o que poucos autores até aqui foram capazes: a dura rotina medieval e seus conflitos sangrentos pelos olhos de cidadãos comuns e soldados rasos. Porém, ao mesmo tempo em que retrata com realismo tempos de dor e ódio, o autor tem a sensibilidade de dar vida a dois personagens com os quais é impossível não se encantar. Como afirmou Hilary Mantel, vencedora do Man Booker Prize, trata-se de “uma aventura fascinante, honesta e poderosa”.

QUESTÃO VITAL

Autor: Nick Lane 
Tradução: Talita Rodrigues 
Preço: R$ 54,50 
448 pp. | 14x21 cm 
ISBN: 978-85-325-3054-7 
Assuntos: ciências/neurociências Selo: Rocco

Por que a origem da vida complexa na Terra é um acontecimento tão único? Quais fatores levaram ao surgimento de animais e plantas a partir de um ancestral biológico comum? Qual é o papel da energia na transformação que possibilitou a vida como conhecemos? O trabalho do bioquímico Nick Lane em Questão vital – Por que a vida é como é? vem para relacionar essas questões e desvendar o mistério da evolução da vida complexa, destacando a estreita ligação entre genes e energia e ainda o papel dos micróbios na formação da célula que está na gênese de seres tão díspares quanto uma árvore e um elefante. Elogiado pela comunidade científica e pela imprensa em geral e recomendado por personalidades como Bill Gates, o título chega às livrarias pela coleção de ciências Origem, da Rocco. 
 
Seguindo a tradição de livros científicos que traçam teorias a partir de grandes argumentos textuais, como o clássico A origem das espécies, de Darwin, a obra de Lane busca uma linguagem acessível e informativa, que conjuga teoria científica e elaboração narrativa em um texto que ultrapassa os limites da comunidade acadêmica. O embasamento teórico fornece um panorama atual de descobertas nos campos da genética e da bioquímica, tudo a partir de uma questão humana essencial. 

Por mais de dois bilhões de anos, organismos como as bactérias evoluíram sem alterações significativas em suas formas básicas, e então, apenas uma vez na história, ocorreu o salto evolutivo que possibilitou o avanço da vida complexa. Segundo a obra de Nick Lane, o ponto chave para essa revolução única é a energia. Tanto quanto o código genético é universal, a energia do próton é fator reconhecido em toda a vida na Terra, mas a razão das células obterem força de uma forma tão peculiar é uma incógnita no campo da biologia que o livro procura esclarecer.  
 
Além do profundo critério cientifico de Questão vital, a narrativa é vigorosa quanto ao interesse na origem do que somos e nos tornamos, suscitando tanto indagações biológicas quanto filosóficas. A questão da gênese da vida é nosso grande enigma e articulando diversas contribuições de cientistas ao longo da história, Lane elabora uma amálgama das descobertas que podem juntas responder a essa dúvida primordial. 

TERCEIRA VOZ

Autor: Cilla & Rolf Börjlind 
Tradução: Maira Parula 
Preço: R$ 59,50 
464 pp. | 16x23 cm 
ISBN: 978-85-325-3051-6 
Assuntos: ficção – romance/novela, policial, suspense Selo: Rocco

Na cidade francesa de Marselha, a noite testemunha uma morte horrível: uma jovem cega é assassinada. A brutalidade é tanta que o próprio espírito da morta descreve seus últimos momentos: depois de ser arrastada para fora de onde estava, foi estrangulada e teve seu crânio rompido por um cinzeiro. O assassino, não satisfeito, cortou sua cabeça e pedaços de seu corpo foram enterrados em seis lugares diferentes. A quilômetros dali, em Estocolmo, um senhor é encontrado enforcado em casa pela filha. Tudo indica que é um suicídio, mas, por que, momentos antes de chegar, um homem que ela nunca vira antes passa por ela e lhe causa uma sensação de grande terror? O que essas duas mortes teriam em comum? E o que um terceiro crime ainda por ocorrer pode contribuir para a solução desses dois casos? 
 
Terceira voz, da dupla sueca Cilla e Rolf Börjling, é um alucinante thriller policial. O mistério e o suspense, a rapidez dos diálogos e a construção de personagens cativantes são a receita do casal de escritores. Esse é o segundo lançamento da série policial protagonizada pela jovem cadete da Academia de Polícia Olivia Rönning e pelo veterano policial Tom Stilton, iniciada com Maré viva. Desta vez, a dupla, que forma um bem-sucedido par de investigadores da Polícia de Estocolmo, segue caminhos separados, tanto em suas vidas pessoais como profissionais. 
 
Olivia, uma policial idealista e engajada, está de coração ferido e alma destroçada. Para curar-se, busca suas origens. Filha de mãe mexicana e pai sueco, descobriu que fora gerada quase por acidente. E abandonada. Ela começa o romance visitando a terra natal de sua mãe para entender os motivos que a levaram a tomar atitudes que lhe causaram tanta dor. Lá, ela também descobre informações sobre o pai, que viveu seus últimos dias num lar para idosos. Ao retornar à Suécia, visita sua mãe adotiva, mas as recordações são interrompidas ao descobrir que o pai de sua antiga vizinha cometera suicídio. Não demora muito para Olivia deixar a policial que existe em si voltar à ação: o aparente suicídio pode ser homicídio, que envolve também o lar de idosos onde seu pai morreu.
 
Já Stilton começa sua história vivendo como um sem-teto, depois de ser acusado por um colega do departamento de Polícia de um crime de corrupção que jura não ter cometido. Em busca de abrigo e um trabalho, procura um velho amigo, um croupier e artista de circo francês, Abbas el Fasi. Mas o habilidoso atirador de facas ficou dias desaparecido depois de ter tido uma visão mística aterradora em seu apartamento. Ao surgir de repente na presença do veterano policial, Abbas pede sua ajuda numa missão: ir a Marselha descobrir por que a mulher que amava tinha sido misteriosamente assassinada. Depois de receber tanto apoio de Abbas, Stilton tem a chance de retribuir o favor. Será que ele conseguirá ajudar o amigo? E como esses dois crimes farão os caminhos de Olivia e Stilton se cruzarem novamente? Terceira voz promete muita ação numa trama sombria, salpicada pelos dramas pessoais dos personagens, que ajudarão a nortear seus caminhos e fazê-los encontrar a solução de mais este mistério.

A MÁQUINA PERFORMÁTICA

Autor: Gonzalo Aguilar E Mario Cámara 
Tradução: Gênese Andrade 
Preço: R$ 34,50 
192 pp. | 13,5x18,5 cm 
ISBN: 978-85-325-3046-2 
Assuntos: ensaio, teoria e crítica literária Selo: Rocco

Organizada pela escritora, tradutora e professora de Teoria Literária Paloma Vidal, a coleção Entrecríticas é um espaço teórico para se pensar a literatura em suas conexões com outras práticas artísticas e objetos culturais contemporâneos composta por ensaios de autores latino-americanos. No último livro da coleção, A máquina performática, Gonzalo Aguilar e Mario Cámara, professores de Literatura Brasileira na Universidade de Buenos Aires, refletem sobre as relações entre literatura e performance, tanto no que diz respeito às intertextualidades possíveis entre as duas práticas artísticas quanto à sua recepção teórica. 
 
Aguilar e Cámara efetuaram uma brilhante análise de uma fase de expansão e diversificação do fazer literário no Brasil, quando a literatura começou a se descolar do tradicional suporte impresso para dialogar com as artes plásticas, a música e a dramaturgia. Operando uma síntese destes e de outros meios de expressão, a performance ultrapassou o dado linguístico para pôr em cena corpos, espaços e sonoridades que expandiram o fazer literário e artístico. Isso, sobretudo, no período situado entre a eclosão do Concretismo, na década de 1950, e o Tropicalismo, nos anos 1970.
 
Para os autores, a performance é, no Brasil, um gênero artístico de grande importância, porém ainda pouco estudado, existindo um assombroso vazio teórico sobre o assunto. Lacuna que o presente livro veio suprir, fazendo de A máquina performática uma obra predestinada a se tornar fonte de referência incontornável para o estudo da arte contemporânea brasileira. Sobretudo porque a qualidade irretocável da pesquisa efetuada por Gonzalo Aguilar e Mario Cámara trouxe à luz preciosas informações e depoimentos inéditos sobre o tema.
 
Outro aspecto bastante relevante é o fato de ambos os autores serem professores-doutores da Universidade de Buenos Aires, pois A máquina performática representa uma consagração da cultura brasileira no âmbito do Mercosul, em que existe pujante e distintiva atividade artística.

RESISTÊNCIA

Autor: Affinity Konar 
Tradução: Alyda Sauer 
Preço: R$ 34,50 
320 pp. | 16x23 cm 
ISBN: 978-85-9517-004-9 
Assuntos: ficção – romance/novela, segunda guerra mundial 
Selo: Fábrica231

Se a oferta de obras que abordam o Holocausto é grande, é raro encontrar livros que combinem uma pesquisa rigorosa, um enredo forte e uma escrita “excepcionalmente sensível” (The New York Times) como Resistência, de Affinity Konar. Livro notável pelo The New York Times; Livro do Ano pela Amazon e pela Publishers Weekly; indicação de leitura dos principais veículos de imprensa norte-americanos, Resistência narra a história das gêmeas polonesas Pearl e Stasha, que aos 12 anos são enviadas para Auschwitz, onde são transformadas em cobaias de uma medicina não a serviço da cura e da vida, mas da dor e da morte. 
 
Ali, no zoológico de Josef Mengele – o “Tio Mengele”, como gostava de ser conhecido, ou o “Anjo da Morte”, como ficou conhecido – são submetidas a alguns dos piores tipos de atrocidades da História. Sob o terrível pretexto de provar a superioridade da raça ariana, Mengele – que morreu nos anos 70, no Brasil, onde se refugiou – conduzia com gêmeos, anões, grávidas uma série de experimentos científicos grotescos: de amputações sem anestesia à injeção de azul de metileno nos olhos das vítimas na tentativa de mudar sua cor original. Mas não é Mengele o foco do livro, e sim Pearl e Stasha, duas mischling (termo usado pelos nazistas para denotar “mestiços”, “miscigenados”, em referência a judeus com traços arianos).
 
As gêmeas contam, em capítulos alternados, os truques inventados para sobreviver em um lugar onde o mal, quando começava a ser entendido, aumentava; onde a esperança, quando surgia, vinha acompanhada por torturas. Das brincadeiras de adivinhações, Mate Hitler e Classificação das Coisas Vivas, às sopas da grama do campo de futebol, manhãs e tardes nos laboratórios cercadas por médicos, enfermeiros, radiologistas, e noites empilhadas em barracões povoados de uivos e gemidos, conhecemos pelos olhos de Stasha e Pearl os horrores de Auschwitz. Vemos, principalmente, as inseparáveis irmãs perderem o senso de suas identidades e se afastarem cada vez mais pelas mãos de Mengele. Quando Pearl desaparece repentinamente durante um concerto tudo parece estar perdido para Stasha. Mas a esperança de encontrar a sua irmã viva e, após libertação do campo pelo Exército Vermelho, a fome por justiça e a tentativa de construir um futuro em uma Polônia destruída mantém Stasha e seu amigo Feliks seguindo em frente.
 
Contrapondo o horror retratado no livro está a beleza da prosa da autora, descendente de judeus poloneses criada na Califórnia, Estados Unidos. “Konar faz com que cada frase conte” (Publishers Weekly) e é graças a sua escrita que Pearl e Stasha não aparecem como simples vítimas, mas como “personagens memoráveis lutando por suas vidas”. Se a brutalidade do Holocausto permeia, como esperado, a obra, a esperança frente a tanto sofrimento e a capacidade de perdoar mesmo os mais terríveis dos atos também são marcas de Resistência. O resultado é “deslumbrante” (Chigozie Obioma, autor de Os pescadores). É Anthony Doer – vencedor do Pulitzer com Toda luz que não podemos ver – quem talvez resuma melhor o paradoxo do livro de Affinity Konar: “Resistência é um lindo romance sobre o mais odioso dos crimes.”

STATUS: EM MUITOS RELACIONAMENTOS COMPLICADOS


Autor: Matteson Perry 
Tradução: Cassius Medauar 
Preço: R$ 34,50 
256 pp. | 14x21 cm 
ISBN: 978-85-9517-000-1 
Assuntos: ficção – romance/novela, comportamento 
Selo: Fábrica231

O que fazer depois de levar um fora da pessoa que você considerava seu grande amor? O escritor Matteson Perry, que até então era um monógamo em série, decidiu tirar uma espécie de ano sabático dos namoros. Em Status: em muitos relacionamentos complicados, ele usa seu humor afiado para contar a experiência, que rendeu não apenas uma boa dose de sexo sem compromisso e a chance de viver coisas novas, mas também a oportunidade de aprender sobre si mesmo e as mulheres em geral.
 
Matteson Perry sempre foi o típico cara legal: gentil, atencioso e com uma boa dose de timidez, era incapaz de relacionamentos sem compromisso. Depois de viver algumas paixões platônicas, ele emendou um namoro em outro até conhecer Kelly, cuja personalidade a transformava em namorada ideal da Geração Y. No limite entre excêntrica e louca, misteriosa e estranha, sexy e vulgar, ela era a descrição exata da Manic Pixie Dream Girl, o tipo de mulher que se interessa por caras retraídos, inseguros e criativos, ensinando-os a aproveitar mais a vida.
 
Quando Kelly termina o namoro, Matteson decide romper com o padrão de mais de uma década e estabelece um compromisso com ele mesmo: aproveitar a vida de solteiro. Para isso, traça um plano que inclui deixar de namorar durante um ano, sair e fazer sexo sem compromisso com diversas mulheres, não ferir os sentimentos de ninguém e desenvolver uma lista de características da parceira ideal. Futuramente, essa lista seria usada para encontrar a alma gêmea, casar com ela e viver feliz para sempre ao lado da esposa perfeita. Com o apoio dos amigos Kurt, Evan e Grant, Matteson parte para a ação.
 
Ao longo das páginas, os leitores se divertem com as aventuras de Matteson, que acaba se tornando um especialista em tirar proveito dos aplicativos de encontros. Mas a jornada não se resume a estar sempre com uma companhia diferente. Enquanto marca de sair com mulheres dos mais variados perfis, o autor desenvolve a autoestima, passa a se conhecer melhor e vive experiências que antes soavam improváveis, como ir a uma edição do festival Burning Man. Conforme o tempo passa, surge a dúvida: será que a parceira ideal já apareceu e ele não notou? Acompanhe os passos de Matteson e descubra se ele consegue abrir mão de múltiplos relacionamentos complicados e encontrar o verdadeiro amor.

AFINE A FORMA EM 15 MINUTOS

Autor: Joe Wicks 
Tradução: Marcia Frazão 
Preço: R$ 39,50 
224 pp. | 19x24,5 cm  
ISBN: 978-85-68696-46-0 
Assuntos: saúde/ alimentação 
Selo: Bicicleta Amarela

Com dois milhões de exemplares vendidos no Reino Unido, Afine a forma em 15 minutos se tornou o livro de receitas de maior sucesso da última década no país e um dos 20 maiores de todos os tempos. O nome (e o corpinho) por trás do fenômeno é Joe Wicks, personal trainer e consultor de nutrição online que tem mais de 1,7 milhão de seguidores em seu Instagram e apresenta o programa The Body Coach no Channel 4 britânico. Contrário a dietas de baixa caloria, Wicks criou um programa de alimentação e exercícios fácil de ser seguido, com receitas variadas e saborosas que podem ser preparadas em apenas 15 minutos. “Mesmo sendo muito ocupado, o fato é que você pode assumir o controle e encontrar um quarto de hora para preparar suas refeições e emagrecer. Isso não é uma dieta rigorosa – é um estilo de vida que transforma o corpo e a maneira de se alimentar para sempre”, afirma.  
 
Milhares de pessoas ao redor do mundo concordam com ele. Desde que começou seu trabalho nas redes sociais, compartilhando receitas por pura diversão, Wicks angariou uma legião de seguidores ansiosos por emagrecer e frustrados com dietas radicais que, segundo o autor, apenas contribuem para inúmeros transtornos alimentares e emocionais. “As pessoas se convencem de que a única maneira de perder gordura corporal é o corte drástico de calorias, o que gera um enorme déficit de energia – mas isso só leva ao efeito ioiô e a uma luta com o próprio peso por anos a fio; e, convenhamos, não é uma forma saudável de viver e não deve ser aceita como norma.”
 
O autor defende que para alcançar a boa forma – e mantê-la – é fundamental se alimentar e exercitar com prazer, e não ficar escravo de dietas e de programas de treinamento que simplesmente não cabem na rotina e exaurem a energia e a alegria no dia a dia. Por isso, criou um programa bastante flexível, que aposta na ingestão correta de todos os tipos de macronutrientes – gorduras, proteínas e carboidratos –, vilões em tantas dietas de baixa caloria, e numa abordagem realista para a questão da alimentação saudável em meio ao corre-corre do mundo atual, com sugestões de pratos rápidos, práticos (alguns podem ser congelados) e preparados com ingredientes que podem ser encontrados com facilidade. 
 
Ilustradas com fotos de dar água na boca, as receitas do livro, que vão desde “Curry de camarão, abobrinha e lentilha”, por exemplo, a diferentes preparos de hambúrguer, vitaminas e até pizza, são divididas em três seções: Refeições de carboidrato reduzido: ricas em gorduras saudáveis e proteínas; Refeições pós-treino para reabastecer os carboidratos: ricas em proteínas e carboidratos; e Petiscos e guloseimas: petiscos doces e salgados e lanches saborosos. Essa divisão é importante para que o leitor possa se alimentar de acordo com suas demandas de energia. Por exemplo, carboidratos após os exercícios e gorduras como combustível estável no restante do dia e da noite, e também nos dias de descanso. Wicks destaca que entender as necessidades do próprio corpo e agir de acordo com elas é o primeiro passo para obter bons resultados quando se trata de emagrecer e manter a saúde e boa forma.
 
Reunindo 100 receitas para refeições nutritivas e de fácil preparo e as melhores combinações de comida e exercícios para queimar gordura, Afine a forma em 15 minutos é um livro atraente e descomplicado para quem quer conquistar um corpo magro, forte e saudável. 

A CASA NO LAGO

Autor: Thomas Harding 
Tradução: Angela Lobo De Andrade 
Preço: R$ 39,50 
408 pp. | 16x23 cm 
ISBN: 978-85-69474-18-0 
Assuntos: reportagem/relatos, história, segunda guerra mundial 
Selo: Anfiteatro

Uma casa pode guardar não só a história de uma família, mas também a história de uma nação. Finalista de prêmios de prestígio como o Costa Biography Award e o Orwell Prize e aclamado por veículos como Time e Spectator, entre outros, o terceiro livro do britânico Thomas Harding, segundo a chegar no Brasil pela Rocco, conta a história de uma antiga casa de campo nos arredores de Berlim que é também uma reveladora história da Alemanha durante um século conflituoso. A aconchegante casa onde os avós de Harding viveram dias de alegria e afeto em família teve que ser abandonada nos anos 1930, quando os nazistas chegaram ao poder, sobreviveu a incêndios e tempestades, abrigou cinco famílias que ali buscaram refúgio nos anos seguintes, testemunhou traições e assassinatos, resistiu ao trauma de uma guerra mundial e à divisão de uma nação. Prestes a ser demolida, a casa no lago é revisitada por Harding neste livro minucioso e emocionante.
  
Tudo começou quando o autor resolveu visitar a antiga casa de fins de semana construída por seu bisavô em uma região próxima a Berlim, e descobriu que o pequeno chalé agora pertencia à cidade de Potsdam e seria demolido. Foi informado que só a comprovação do valor histórico do lugar o salvaria. Harding, pensando na importância da casa para a sua avó, que a chamava de “morada da alma”, resolveu contar a hístória de um espaço-símbolo das transformações que a sociedade alemã vivenciara no último século. Um reduto particular que esboça uma memória coletiva.  
  
Harding reconstrói com apuro as histórias dos que passaram pela casa no lago. Com a fuga forçada de sua família para a Inglaterra em função do nazismo, o espaço foi alugado pelo jornalista e compositor Willy Meisel e sua esposa atriz, passagem que rende registros significativos sobre a movimentação artística de Berlim no período, com o florescimento do cinema e os bastidores da música que embalava o rádio. No pós-guerra, a casa passa pelas mãos de famílias das aldeias locais, que convivem com o muro e o nascimento da Alemanha Oriental. 
  
A história da casa cobre a saga do país desde os últimos anos do Império, passando pela República de Weimar, o Terceiro Reich, a ocupação soviética e o período da reunificação. O espaço é uma alegoria da vida privada de uma nação marcada por transformações, traumas e reconstruções, com famílias que tiveram que abandonar o reduto de suas almas para sempre e tentar a vida em outros países. A Casa no lago conta mais de um século do que viveu o povo alemão com um olhar sensível e familiar.
Tecnologia do Blogger.