Ads Top

[RESENHA] Trilhas de silêncio — Evelyn Postali

Titulo: Trilhas de Silêncio
Autora: Evelyn Postali
ISBN: B0103LBAV8
Ano: 2015 / Páginas: 400
Idioma: português
Editora: Independente


Israel Morelli é um jovem porto-alegrense, estudante de jornalismo e amante de fotografia, que empreende uma jornada em busca da identidade desconhecida e a descoberta dos segredos guardados por sua mãe, Ana. É determinado na procura da história de seu pai, Dario, e na descoberta de seus relacionamentos e na morte prematura. É impetuoso, impulsivo, e abusa de sua juventude no relacionamento com Vicente, o único tio, o qual não se constrange em demonstrar que não o quer em sua casa, uma propriedade na beira do rio do Inferno, no interior de Lagoa Bela.

"Para seguir essas trilhas, é preciso um coração desarmado"

Trilhas de Silêncio narra a vida de Israel e sua busca incessante por respostas. Residindo em Lagoa Bela — uma pacata cidade — juntamente com sua mãe, Israel busca encontrar informações e detalhes acerca de sua vida e detalhes sobre seu pai, origens e alguns questionamentos que sempre teve vontade de obter respostas, porém, a mãe nunca os dera. Decidido a ir em busca das resposta Israel sai de sua casa em busca de seu tio Vicente, aparentemente, o único que detém as informações necessárias que o garoto almeja.

Vicente é um homem de boa experiência de vida, porém, amargo, fechado e completamente isolado, tudo o que parecia não poder piorar, piorou, afinal, com o tio fechado, Israel teria problemas para se relacionar e obter as respostas que tanto busca. O relacionamento de ambos envolve uma grande psicologia com relação a desentendimentos, família e saber se calar nas horas certas e nos momentos adequados quando possível.

Israel agora encontra-se em uma pista de via única: Ceder ao silêncio e encontrar no silêncio do tio, as respostas e experiências que necessita.

Em suma, podemos afirmar que o livro aborda questões familiares e a forma como escolhemos resolve-las, ou melhor, a forma como o destino impõe a resolução em nossa vida. Uma história de dor e sofrimento que envolve não somente o passado, como também o presente. O enredo é muito bem elaborado e nos mostra detalhadamente traços de cada personagem, onde podemos ir conhecendo a fundo cada um e suas particularidades até entendermos o que se passa de fato com cada um.

Em uma história de decepções, iremos conhecer um pouco mais o íntimo de Vicente. Um homem que mostrava-se solitário e fechado, agora mostra-se cada vez mais "feliz" — de certa forma — com a chegada do sobrinho. As respostas para os questionamentos envolvendo a vida de Israel vão sendo descortinadas com o passar dos dias, e a história e psicologia que envolve Vicente, também. 

O livro é um romance extremamente bem elaborado em todos os quesitos possíveis. Evelyn consegue nos apresentar dois personagens com uma construção impecável, onde poderemos entender seus desejos, vontades e ações através da descrição mais que minuciosa da autora.

A história é construída entre o enlace do presente com o passado, misturando sentimentos, mostrando-nos momentos e descortinando-nos respostas para questões que antes pareciam tão óbvias. O livro não é e nunca será decifrável, você só conseguirá entender suas páginas após encerrar a última.

COMENTÁRIOS

O livro trás a tona um relacionamento que enfrentou muito preconceito para acontecer. No início da história, a mãe de Israel mostra-se descontente com a decisão do filho em viajar em busca de respostas acerca de seu pai. Um enredo muito bem trabalhado, apresentando-nos detalhadamente detalhes, lembranças, momentos, conversas e sobretudo, o silêncio. O silêncio que dava sentido à todos os momentos que acalentavam a solidão de duas pessoas que iam curando suas dores dia após dia durante um relacionamento que era construído de forma minuciosa, e assim, cada um obter as tão desejadas respostas que buscam.

A AUTORA

Evelyn Postali, Nasceu em Antônio Prado, uma pequena cidade serrana do Interior do Rio Grande do Sul, Evelyn iniciou sua paixão pela literatura ainda criança, em uma biblioteca que sua família possuia em casa. Evelyn é autora dos gêneros ficção, ficção científica, horror, fantasia moderna, drama, romance, ação e aventura, ah e claro, poemas. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.