Ads Top

[RESENHA#101] A chama dentro de nós — Brittainy C. Cherry

10/10 — Favorito!  
Logan Silverstone e Alyssa Walters não têm nada em comum. Ele passa os dias contando centavos para pagar o aluguel, sofrendo com a rejeição dos pais e tentando encontrar um rumo para sua vida caótica. Ela, por outro lado, parece ter um futuro brilhante pela frente. Um dia, porém, um simples gesto dá origem a uma improvável amizade. Ao longo dos anos, o sentimento que os une se transforma em algo até então desconhecido para os dois. Alyssa e Logan não conseguem resistir à atração que sempre sentiram um pelo outro e finalmente descobrem o amor. Mas uma tragédia promete separá-los para sempre. Ou pelo menos é isso que eles pensam. Seriam as reviravoltas do destino e as feridas do coração capazes de apagar para sempre a chama que há dentro deles

Quando tudo parece que não tem como piorar, a vida age a nosso favor. A chama dentro de nós é o segundo livro da trilogia "elementos" da escritora americana Brittainy C. Cherry, publico no Brasil pela editora Record. 

Logan Silverstone teve uma infância difícil, seus pais são viciados em drogas, e desde que se lembra, nunca fora diferente. Em um ambiente hostil, Logan cresce vendo seu pai agredindo sua mãe pelos motivos mais banais possíveis, inclusive, alimentando seu vício com drogas. Até que um dia Logan cresce e começa a sentir o peso da responsabilidade sobre suas costas, sentindo a necessidade de sustentar sua mãe e ajuda-la sair do vício.

Alyssa Walters trabalha em um caixa de supermercado e possui uma vida muito melhor que a de Logan. Alimentando diariamente o sonho de se tornar uma música, Alyssa tem seu destino cruzado com Logan quando em um dia fatídico qualquer o garoto decidi ir ao mercado comprar alguns mantimentos para casa, porém, o cartão de Logan é recusado e Alyssa decide bancar a compra do amigo, que aparentemente, ficou transtornado e abatido com a sensação de ter que sair pela porta deixando as compras no caixa, visto que não detinha consigo dinheiro.

A partir do momento em que os caminhos se cruzam, Alyssa e Logan começam a compactuar de sentimentos profundos e aflorar um sentimento de paixão de uma intensidade sem precedentes. Os sentimentos começam a aflorar-se quando Logan sofre um acidente de carro e é levado para ser internado em uma clínica para dependentes químicos, visto que, fora induzido pelo pai quando ainda era criança.

O sentimento, desejo e todo o suceder da história dá-se após o retorno de Logan depois de cinco anos de residência e internação na clínica. "A chama que dentro de nós", é um título que corrobora fielmente ao contexto do livro, afinal, é necessário sentir uma paixão ardente dentro de si para manter-se apaixonado pela mesma pessoa mesmo após anos de afastamento, as lembranças sempre irão fluir mais forte, afinal, o primeiro olhar sempre prevalece.

"Não consigo parar de pensar em você. O tempo todo. Você está na minha cabeça de manhã, de tarde e de noite. Não consigo parar de pensar em te beijar. Não consigo parar de pensar em te beijar bem de vagar. Mas tem que ser bem devagar, porque assim o beijo vai durar mais tempo. E eu quero que dure". (pag. 78)
COMENTÁRIOS

Brittainy possui uma escrita maravilhosa em todos os aspectos possíveis, este livro é completamente envolvente, e honestamente? Emocionante. Logan é um cara que sofreu bastante na vida, porém, não deixou-se abalar e os sentimentos despertos por Alyssa (e vice-versa) irão nutrir uma história de muita paixão. A escrita está tão incrível e fluida quanto no primeiro livro da autora "O ar que ele respira", ambos carregados de muita paixão e uma escrita detalhada e impecável.

Dotada de uma sensibilidade sem precedentes, Brittainy consegue conduzir com maestria um romance que permeia entre duas vidas distintas, que se cruzam e se completam nas imperfeições e nas dores e vontades um do outro. Uma obra de arte!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.