Ads Top

[RESENHA#106] Cine (Uma geração. Todas as decisões) #01 — Eleonor Hertzog

Avaliação — 10/10
Compre

Unificada e em paz, a Terra se dedicou à ciência e à exploração espacial, descobrindo Tarilian, um planeta habitado inesperadamente próximo. As relações entre os dois mundos iniciaram corteses, mas rapidamente uma rivalidade inútil se estabeleceu, minando a amizade entre terráqueos e tarilianos. Um infeliz incidente diplomático piorou ainda mais as relações interplanetárias; a solução para o impasse se encontra no Cisne, um veleiro movido a energia solar que é um dos mais avançados biolabs flutuantes do planeta. O Cisne é também o lar da família Melbourne: os pais, Doris e Henry, são os biólogos marinhos responsáveis pelo barco; os filhos são sua irriquieta tripulação. Sem saber que fazem parte de uma geração que decidirá o futuro do mundo inteiro, agora os jovens Melbourne precisarão dar o melhor de si para melhorar as relações entre Terra e Tarilian.


Uma sensação em meio à tantas outras, e a incapacidade de descrever ao menos uma delas. Cisne é um livro quase que poético por sua estrutura, narrativa e perspectiva acerca de personagens bem elaborados, construídos e uma carga positiva sem precedentes. Um livro catalogado dentro do gênero ficção científica e mostra-nos um verdadeiro passeio em alto-mar, fazendo-nos despertar o desejo interno e intenso de conhecer um pouco mais da vida dos Melbourne.

Movido à energia solar, cisne é o local de trabalho e de aventuras de Henry e Doris Melbourne, a família extensa e com muito para ensinar acerca da vida, possui dez integrantes, sendo destes dez, oito filhos. Teo, Ted, Tim, Tom, Pam, Bobby & Peggy que foi adotada amorosamente pelo casal após a morte trágica de seus pais, desde então, encontra-se em boas aventuras, sempre aprendendo cada vez mais com seus irmãos e uma família de índole incontestável.

Uma história repleta de ensinamentos acerca da vida e família, cisne mostra-se promissor por conter um enredo trabalhado em todos os aspectos, visões e ângulos possíveis. Eleonor Hertzog leva-nos a bordo de um dos veleiros mais incríveis e fascinantes de todo o reino imaginável. Cada personagem possui uma particularidade singular e apaixonante, pode-se dizer que as qualidades e os defeitos foram feitos pensando quase que com o intuito de um completar o outro. A família trabalha no ramo da ciência e sua área de trabalho, é também sua casa, cisne conta com um enorme laboratório de pesquisa, onde a família passa boa parte do tempo. 

Sem espaço para o tédio, Eleonor pensou em todos os percalços que poderiam surgir durante sua escrita, e os eliminou por completo, o que deixa a leitura fluida, rápida, cativante e apaixonante. Uma viagem aos mistérios das descobertas de novos planetas, novos seres, novas vivências, novas experiências, e claro, novos ares. 

A terra é uma preciosidade. É única, e precisa ser protegida. Creiuo que isso que me sinto chamado a fazer aqui, Doris: proteger. Ainda não sei exatamente proteger nem o que, mas, com o tempo vou descobrir esta resposta também. 

Um livro de fácil leitura e entendimento, altamente recomendado para todos os que são apaixonados por uma leitura fluida, e principalmente para quem ama uma história envolvente e intrigante. Cisne é sem sombra de dúvidas envolvente, instigante, apaixonante, ah, e claro, incrível. A melhor viagem de todas que você terá dentro de uma obra de ficção este ano.

CITAÇÕES FAVORITAS

— Não seriam nossos filhos se achassem que debaixo de asas é lugar de viver a vida toda. Vai ser difícil e vai doer um bocadinho, mas eles vão descobrir que os laços entre eles são mais fortes do que qualquer distância. Vão sobreviver. 

"É um muito estranho gostar de gente que nem lembro de ter conhecido"

Tem muitos ideais, muito caráter, mas precisa de um voto de confiança pra mostrar. Ele quer viver de outro jeito, mas sozinho não se atreve.

(...) Uma vida só é bem vivida se há nela coerência entre o que se acredita e o que se vive, o que acreditar em valores tais como verdade, honestidade e coragem de nada vale se essa crença não se torna ação concreta. Viver essa crença é o que dá ao ser humano seu sentido de honra e integridade. 

O dom era saber distinguir a palavra certa da palavra desastrosa, o caminho certo e o caminho errado; em resumo, separar o que ia dar certo do que não ia funcionar. 

COMENTÁRIOS PESSOAIS

Este livro quase superou todos os que li este mês em números de páginas. Cisne é um livro completamente diferente do que eu esperava, honestamente, eu tinha ciência de que ele era uma ficção científica, mas não sabia que a história iria se desenvolver da forma como ocorreu, e acredite, isto é incrível, impressionar-se com uma história é a melhor coisa que pode acontecer com um leitor, ter suas expectativas supridas e superadas é a melhor forma de apaixonar-se pelo enredo e pelo autor. 

Apesar de ter citado apenas uma passagem do livro, confesso que ele trás uma série de ensinamentos lindos acerca da família Melbourne, e cada folha é um novo ensinamento, uma nova aventura, uma nova sensação. Com toda certeza este é o tipo de livro que nos teletransporta de nossa zona de conforto para um lugar inusitado ao qual estamos desacostumados, somos confrontados por personagens bem construídos, elaborados e minuciosamente pensados por um alguém que teve uma preocupação "a mais" na hora de desenvolver, escrever e criar personagens, locais, lugares, aventuras e o próximo acontecimento. Encaixes perfeitos dentro de uma aventura que nos teletransporta do conforto de nosso local de leitura para alto-mar, para além das fronteiras, para a supremacia da família Melbourne.

O primeiro livro de uma obra deve-se sempre ser magistral, porém, neste primeiro livro que abre a série Cisne, a autora mostrou-nos possuir uma capacidade irrevogável de transmitir ensinamentos ao mesmo tempo que construia um enredo cheio de vida, cheio de sensações e momentos. Um misto de vida e de magia que desenvolve-se em um único volume, que abre uma série de outros fatores que leva-nos ao despertar da vontade pelo próximo livro: Afinal, ao completarmos a leitura é normal perguntarmos — onde será a próxima parada de Cisne? Será que posso fazer parte da tripulação?


A AUTORA


Pediatra por formação, Eleonor é escritora de coração. Lê desde que descobriu o que eram livros e, desde o primeiro livro, descobriu que adorava contar histórias. No começo eram as dos livros. Mais tarde, as dos livros com alguns acréscimos. Na adolescência, surgiram personagens, lugares e situações que não vinham de livro algum, iniciando a longa moldagem da distopia onde se passa “Uma geração. Todas as decisões.”, cujo primeiro livro, Cisne, foi lançado em dezembro de 2012. Linhagens, o segundo, foi lançado na Bienal do Rio de Janeiro, em setembro de 2013.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.